sábado, 20 de maio de 2017

ESTRELA: Pérola Faria emplaca mais um sucesso com novo personagem em "O Rico e Lázaro"

De bem com a vida e muito tranquila, a atriz Pérola Faria parece ser uma unanimidade entre fãs e colegas de trabalho. Fiel a suas escolhas e no modo natural de viver, Pérola é um ótimo exemplo para as novas gerações que procuram ídolos descartáveis e instantâneos. Pérola vai na contramão disso tudo sem perder sua doçura e preservando seu espaço conquistado a cada novo trabalho. Talentosa, atualmente seu novo desafio se chama Kassaia em “O Rico e Lázaro”, na Record, e como de costume tem colhido elogios e conquistado o público e a crítica com o novo trabalho. Conheça um pouco mais essa jovem atriz que realmente é uma pérola na TV atualmente.

Desde sua estreia na TV em 2006 na novela “Páginas da Vida”, na Globo, você não parou mais emendando vários trabalhos seguidos. Como foi esse começo? Te assustou algo? Estrear no horário nobre com um papel de destaque, representando um tema de grande importância, com elenco super experiente, aos 14 anos, é assustador. Ao mesmo tempo, o maior presente que ganhei na vida, já que desde os 6 anos de idade estudava teatro, fazia testes, levava "nãos". Acredito que temos a hora certa, mas precisamos estar preparados quando chega, para não deixar a oportunidade escapar. 


Como avalia sua trajetória? Afinal você começou muito nova (14 anos). Gosto muito de lembrar da minha trajetória. Sou muito grata aos personagens que vivi e oportunidades de trabalho que tive. Aprendo muito com cada nova experiência. E é muito legal perceber que quando se cresce diante da TV, os personagens vão mudando, crescendo e amadurecendo junto. Já fui criança, adolescente, noiva, esposa, mãe. 

Nesse primeiro trabalho você interpretou uma menina que sofria de bulimia. Foi um desafio muito grande? Como foi a repercussão desse trabalho na sua vida e carreira? Foi uma grande repercussão, não esperava. E uma responsabilidade maior ainda! Retratar um personagem, com assunto de tanta importância, foi lindo. Uma honra! Guardo a Giselle com muito carinho, no coração. Estrear na novela das nove, de Manoel Carlos, com um elenco experiente, aos 14 anos, foi o maior presente da minha carreira.

Depois de mais alguns trabalhos na Globo você foi para a Record e atualmente está em “O Rico e Lázaro”. Como foi essa mudança? E trabalhar em novelas bíblicas te trazem que novos desafios? Foi desafiador. Uma nova empresa, novas experiências e oportunidades. As novelas bíblicas me ensinaram muito. Nunca havia feito novelas de época. É preciso muita dedicação nos laboratórios, workshops, etc. são outros costumes. 


Como descreveria sua personagem Kassaia, filha do Rei da Babilônia? O que podemos esperar dela ao longo da trama? Uma princesa que tem doçura e força ao mesmo tempo. Ela é muito gentil, generosa, seria uma excelente rainha, com certeza. Mas sua bondade vai fazer com que caia em algumas armadilhas. E também haverá uma reviravolta. Ela não vai engolir sapos para sempre. Espero que as pessoas torçam por ela.

Aos 25 anos e com um longo currículo de trabalhos, onde encontra tempo para saídas e paqueras? Quando tenho tempo, estudo. (risos)! Brincadeiras à parte, eu conciliei quase todos os trabalhos com a faculdade, mas também aproveito meu tempo livre para assistir uma série, documentários(amo), sempre marco de encontrar minhas amigas para jantar ou ir ao cinema. Sou bem calma. Detesto tumulto, festa, etc. Acho que por isso eu acabo preferindo namorar, sempre. Gosto de programas calmos. 

O que curte fazer quando não está gravando? Que programas fazem mais sua cabeça? Cinema, ficar em casa, Netflix, praia eu também amo, mas não posso exagerar por conta da gravação. Adoro fazer trilhas, visitar cachoeiras, esses programas mais natureza, só que é difícil unir um grupo de pessoas que tenham essa mesma disposição.


Atualmente namorando? E quando não está, como costuma ser o clima de paquera? Fica mais na sua ou parte para a conquista? Não. E nem sou paqueradora, (risos). Quando é pra ser, acontece naturalmente.

O que um cara precisa ter para chamar sua atenção? O que te atrai mais? Caráter é fundamental. E também precisa ser romântico, porque eu sou MUITO. Senso de humor e ser sociável. 

Ao longo do tempo observamos que você sempre manteve o corpo em forma. Como se cuida? Pratica exercícios e faz alguma dieta? Gosto muito de me exercitar. Tem gente que torna isso uma obrigação, eu faço por prazer. Quando fico muito tempo sem ir, fico até triste, de mal humor. Amo correr ao ar livre, faço uma aula funcional que é um método novo, diferente e mais completo, chamado Wolf Fit. E yoga. 

O que os homens ainda não sabem sobre as mulheres? Que nem sempre a gente fala, mas a gente sempre sabe. (risos). 

Como lida com vaidade? Sou tranquila. Nada muito. Principalmente comparado a esse novo mundo que vivemos, onde as pessoas nunca estão satisfeitas e retocam até o que não precisam. Não tomo remédios, nem fórmulas, não tenho micro pigmentação na sobrancelha, não tenho silicone, não tenho capa nos dentes, nem unha postiça. Acho tão difícil manter tudo isso... prefiro preservar o que já tenho. Acredito que daqui a uns anos, será tão raro ser natural, que voltarão a valorizar mais. Acho que tudo é meio modismo. Sou a favor da estética para correção de algo que incomoda muito. Mas está virando um ciclo vicioso, mesmo. Fora isso, gosto de fazer hidratação de vez em quando, lavar o rosto de manhã e à noite com sabonete neutro, não dormir com maquiagem, beber muita água, me alimentar bem.


Quais suas maiores qualidades e que defeitos não consegue largar? Sou muito leal aos meus amigos, família, relacionamentos. Quando gosto de alguém, defendo e fico do lado dessa pessoa até o fim. Também não costumo expressar na hora o que me incomoda. Sou daquelas que guardam os problemas. Isso acaba me afetando. Já tive vários problemas por conta de estresse (gastrite nervosa, terçol, bruxismo). Estou aprendendo a falar mais o que me incomoda. Eu sempre tive dificuldade para dizer "não", mas comecei a ver que estou dizendo "não" pra mim mesma.

Como lida com redes sociais e assédio? Gosto muito das redes sociais pelo fato de me aproximar dos fãs. Ter um contato imediato com eles, conhecer mais sobre a vida e a personalidade de cada um. Ao mesmo tempo, o modo como as coisas se espalham rapidamente me assusta. E temos que tomar cuidado com o que falamos e como nos posicionamos, pode haver má interpretação.

Para te conquistar basta... Ser verdadeiro.