sexta-feira, 23 de junho de 2017

ESTRELA: Michelle Martins, a morena que abala o horário nobre com "A Força do Querer"

Não tem jeito, seja qual for a personagem de Michelle Martins ela sempre não vai passar despercebida do público. Seja pela sua entrega ao interpretar a personagem, seja pela sua simples presença. Um morena jambo, de sorrisão no rosto e uma voz aveludada que conquista de cara. Foi assim com sua personagem Deusa, em “Fina Estampa” (2011), e agora com sua Shirley em “A Força do Querer”. Michelle eleva a temperatura do horário nobre e nos faz ficar com inveja do personagem de Edson Celulari, seu marido na novela. Conversamos um pouco com nossa eterna Deusa para ter certeza que somos seus eternos súditos.
  
Como foi essa história de que você foi descoberta na quadra da Imperatriz Leopoldinense e foi direto para o concurso de Musa do Verão? Não foi bem assim...na verdade quem me descobriu aos 14 anos foi um fotógrafo chamado José Roberto, ele tinha um estúdio fotográfico e foi onde tive as primeiras experiências como modelo. Na época, frequentava a quadra da Imperatriz, um certo dia o diretor me chamou para fazer uma foto no Jornal do Brasil sobre a escola, e como estavam escolhendo a Musa do Verão do JB (no anterior ao meu tinha sido a Suzana Werner) a equipe do jornal me perguntou se eu toparia participar, na verdade, a seleção era por fotos. Fiz e fui escolhida para ser a Musa do Verão do JB, depois disso fui chamada pela Elite Models para entrar no seu elenco de modelos e não parei mais. 


Quando percebeu que queria ser atriz? E como tudo começou? Comecei modelando, fazia muita publicidade, clipes nacionais e internacionais e peguei gosto pela coisa. Comecei a estudar teatro, TV e me apaixonei, não parei mais. 

Depois de alguns trabalhos de destaque o que atraiu a atenção da ala masculina foi sua personagem Deusa em “Fina Estampa”. Como foi a repercussão na época e como você encarou tudo? Foi ótimo. Já tinha feito outras novelas em outra emissora, mas Deusa foi o primeiro trabalho de destaque. Foi uma grata surpresa, era uma abordagem respeitosa e até divertida. 

Seguindo sua trajetória você também foi para o teatro e cinema com alguns trabalhos de destaque como a peça “Dona Flor e Seus Dois Maridos” e o filme “O Palhaço”, de Selton Mello. Que novos desafios encontrou? Dona flor foi uma experiência maravilhosa, vivi naquele universo quatro anos viajando com o espetáculo. “O Palhaço” é um filme lindo, fazer cinema e ainda ter a oportunidade de atuar e ser dirigida pelo Selton Mello foi um honra. Depois de “Fina Estampa”, eu segui turnê com "Casar pra quê?”, um desafio gostoso, pois estava acostumada com um elenco grande no palco e além da peça ser só comigo e ator Alessandro Anes, direção do Eri Johnson, é comédia, algo que até então era novo pra mim.

Atualmente você está em horário nobre como esposa de Edson Celulari em “A Força do Querer”. Como está sendo fazer a Shirley nesse novo trabalho? Uma delícia! A Shirley é uma mulher muito segura, confiante, estou adorando interpretá-la. Ainda tenho a chance de contracenar com grandes atores, entre eles os queridos Edson Celulari e a Bruna Linzmeyer. 

A Shisley tem uma discreta sensualidade. Como você usa isso à favor da personagem e de você na vida real? Shirley é uma mulher comum que usa sua beleza a seu favor, na vida eu também uso, sem colocar ela na frente de tudo. 

Algum tabu na hora de encarar alguma situação (atuando) ou personagem? Existe algum limite para você? Não, a arte é você experimentar e ir a lugares desconhecidos, acho que é o momento de me permitir.


Você se acha sexy? E quando deixa transparecer isso? Acho que todas nós mulheres temos nosso lado sexy sim. Mas no meu dia a dia sou nada sexy, sou uma menina mulher. Deixo esse lado para ocasiões que me permita ousar mais, aí sim, coloco aquele salto alto, aquele batom vermelho e saio pra causar. 

Já sentiu alguma vez os homens inibidos na sua frente? Sim, poucas vezes. 

No que a exposição da TV te agrada e te incomoda? Adoro trabalhar com teatro e TV, mas há muita cobrança. Sou desencanada, ando sem maquiagem, salto quase nunca e a fama às vezes te obriga a estar sempre "perfeita", talvez esse seja o único ponto que me incomoda mais.

Ter sido modelo sempre te deixou mais ligada em moda e beleza? Existe mais cobrança hoje em dia? Sim, sempre gostei de moda. Temos tantas atrizes lindas e talentosas, acho que a cobrança sempre vai existir, mas procuro não entrar nessa neura.

O que os homens ainda não sabem sobre as mulheres e precisam saber urgente? Que elas podem o que quiserem, sempre respeitando o limite do próximo. Nunca desafie uma mulher! 

Para te conquistar basta... Ser espontâneo e leal. 


Fotos Faya
Produção de moda Márcia Dornelles
Maquiagem Albert Junior

Michelle veste: Look 1 - Camisa social branca: EVA, saia de couro preta: A TEEN, colar: Swarowisk, brincos: P.K, anel: Magma, sandália ELLUS; Look 2 - body Ypsilon, short: For your Information, anel e brincos: Magma; sandália acervo; Look 3 - body MEERK, saia acervo, anel e brincos: Magma; Look 4 - body listrado: Redley, anel e brincos: Estela Geromini