quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

MÚSICA: Samyra Show - Cantora revelação é fenômeno no Nordeste e uma das grandes promessas para 2018

Se as vozes femininas estão dominando o mercado sertanejo, o mesmo movimento pode ser percebido no forró, segmento antes dominado pelos homens, e que ganha cada vez mais representantes mulheres à frente dos vocais. A cantora Samyra Show é uma delas. Com 20 anos de carreira e com passagens por quatro bandas de forró, a cantora colhe os frutos do voo solo iniciado há três anos. A sugestão para começar a trilhar sozinha a sua história veio do amigo Wesley Safadão. E, desde então, muita coisa mudou. Em agosto, a cantora lançou o CD e DVD “Samyra Exclusive no Paraíso” – com participação de Safadão e de seu amigo Xand Avião -, com seis músicas inéditas e também os sucessos das duas décadas de carreira como "O Mundo Girou", "Coração Apertado", "Alta Tensão" e "Falsiane". E, em novembro, Samyra assinou contrato com a Sony Music, uma das maiores gravadoras do mundo. Ela encerra o ano com uma meta profissional para 2018: invadir o Sudeste!

Samyra Show, hoje, se apresenta para mais de 300 mil pessoas em arenas lotadas e caiu nas graças de personalidades reconhecidas, como Regina Casé, Cláudia Leitte, Hugo Gloss, David Brasil, Gominho e Léo Dias, que a descreveu como “o maior fenômeno feminino atual do Nordeste”. Desde então, os bordões e hashtags, que são sua marca registrada, #ADiferentona, #ADiferentonaQueVoceRespeita e #AceitaEla, já acumulam mais de 60 mil menções nas redes sociais. Obstinada, ela ainda revela que se inspira em personalidades como Anitta e Cláudia Leitte: “elas têm a garra e a ousadia de tentar uma carreira internacional, mesmo sabendo como é difícil. Não se acomodam por serem consolidadas no mercado brasileiro”. Já está na hora do Brasil #aceitar a #diferentona.

O que mudou ao começar a carreira solo? Por um lado, a responsabilidade aumentou. Agora é o meu nome que está na linha de frente, tenho o compromisso de atender as expectativas dos fãs que me acompanharam nas bandas esses anos todos. Por outro, é muito gostoso ter o domínio da minha carreira, poder realizar minhas ideias, expressar minha criatividade e perceber que conquistei, individualmente, o carinho do público. Estou vivendo o meu melhor momento profissional.

Como se sentiu ao lançar o primeiro trabalho dessa nova fase, o CD e DVD Samyra Exclusive no Paraíso, e já estrear com parcerias de peso como Wesley Safadão e Xand Avião? É um sonho realizado e aconteceu no melhor momento da minha carreira. Tive a oportunidade de cantar sucessos das minhas duas décadas de trabalho e lançar canções inéditas com o apoio de amigos queridos. Conheço o Wesley há muito tempo, muito antes do sucesso. Aqui em Fortaleza, todo mundo do forró é próximo. Ele vem a churrasco na minha casa. Trocamos impressões por telefone. Ele foi o primeiro convidado e me deu sim de cara. Wesley me abriu muitas portas e continua me apoiando. O Xand, eu conheci por meio do meu marido, Fábio, que também é meu empresário. O Xand quis que eu escolhesse a música que participaria, daí escolhi “A Dança do Desprezo”, porque ele tem esse jeito mais divertido.


Quais os planos para ‘chegar chegando’ no Rio e em São Paulo? Eu acredito que o Forró é um ritmo universal. Safadão, Xand e outros artistas já provaram que no Sudeste tem espaço para o nosso trabalho, mas também quero inovar, me aproximando de ritmos mais familiares para o público carioca e paulista. Pretendo fazer parcerias com nomes do funk e do pagode em 2018, pois acho que não tem limites para essa mistura de ritmos. E, claro, shows! Já estou planejando uma agenda de apresentações no Rio e em São Paulo no começo do ano que vem, me aguardem! Eu também tenho canções de outros artistas no meu repertório, como Claudia Leitte e Pabllo Vittar, então vai ter muita música conhecida da galera. E ouçam meu CD e DVD para já pegarem a malemolência do Forró!

Você teve uma vida cheia de desafios. Acredita que tudo isso te motivou a perseguir o sucesso? Com certeza! Creio muito em Deus e sei que nada nos acontece por acaso. Ele só nos coloca em situações que sabe que podemos suportar. Todas as dificuldades que passei – financeiras, de saúde, perdas familiares – me tornaram quem eu sou hoje, uma pessoa determinada, que batalha pelos sonhos, mas mantém sempre os pés no chão. Minha origem é muito humilde e isso está presente na minha essência. O sucesso é a retribuição do meu trabalho, sou muito agradecida por isso, mas sou privilegiada por ter uma família maravilhosa, pela oportunidade de correr atrás dos meus objetivos e pela chance de superar as dificuldades que apareceram. 

Você tem números impressionantes na internet. Além das milhões de visualizações no YouTube e milhares de menções nas redes sociais. Acredita que essa popularidade contribui ou é fruto do sucesso da sua carreira? A internet mudou o jogo completamente, nos adaptamos a uma nova forma de ser artista. Eu canto há vinte anos, desde muito antes das redes sociais ganharem essa dimensão, principalmente no interior do Nordeste. A popularidade nas redes sociais é uma manifestação do carinho do público, que conquistei durante minha carreira. Mas a internet é um meio fortíssimo de divulgar meu trabalho e conquistar novos fãs. O pessoal do Sudeste, por exemplo, que ainda não viu meus shows, pode ouvir meu CD no *Spotify* ou ver minhas apresentações no *YouTube*. Hoje temos que produzir e viver pensando nisso. Sempre fotografo meus looks, compartilho minha rotina com as pessoas nas redes, é uma forma de me aproximar das pessoas e faço isso com muito prazer. Sei que quem está ali me vendo e curtindo torce por mim, é ótimo receber essa energia e trocar carinho com eles.


Fotos Chico Cerchiaro @chicocertchiaro
Styling A Produção @a.producao
Make Rita Vasques @ritavasques_