sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

ESTRELA: Mônica Carvalho cada vez mais linda (e cheia de projetos)

Ela foi musa de todas as estações nos anos 90, nos fez mergulhar nas areias escaldantes, nos seduziu em fotos pra lá de sensuais e nos conquistou com seu talento em novelas, filmes e peças. Mônica Carvalho é daquelas mulheres que passam pelo tempo deixando sua marca. Um rastro de beleza e encanto que desafia o passar dos anos se mantendo no topo das grandes mulheres que nos inspiram. Da abertura da novela “Mulheres de Areia” até sua mais recente participação na TV em “Tempo de Amar”, Mônica traz uma bela trajetória e ainda promete mais esse ano. Pensando nisso a convidamos para mais essa matéria de capa e ficamos pensando: como pode se manter ainda mais bela? A resposta você descobre ao longo dessa entrevista.

Mônica o começo foi como modelo e sua estreia na TV foi na abertura da novela “Mulheres de Areia” (1993). Que recordações guarda dessa época e como foi esse início? Foi um início maravilhoso, a abertura de “Mulheres de Areia” me lançou no mercado... muitas portas se abriram.

Sua estreia como atriz na Globo foi em “História de Amor”, onde contracenou com Regina Duarte que você reencontrou agora ao participar da novela “Tempo de Amar”. Que comparativo faz entre esses dois momentos? Claro que no início de carreira a gente sente uma insegurança, não sabemos como vamos ser tratados, mas é só insegurança de início de carreira. Na verdade sempre fui recebida com muito carinho, profissionalismo e agora mais madura e segura da minha profissão me sinto muito mais à vontade dentro do set e com os colegas de profissão. E a Regina Duarte é uma diva, sempre muito educada e receptiva.  Que honra trabalhar com ela.

E por falar nisso como foi voltar à Globo com essa participação em “Tempo de Amar”? Ficou um gostinho de quero mais? Foi numa participação pequena, porém muito significativa. Com a Regina Duarte tudo fica grandioso e é sempre um aprendizado estar com pessoas que admiramos.

O público de TV é muito diferente do público de teatro e cinema? Como você vê isso? O veículo é diferente, mas para o ator é sempre atuar que importa. Amo estar no palco, ter esse contato com direto com o público, me fascina. E a TV que entra na casa de milhões de pessoas... a arte me fascina muito.

Falando em teatro você passou dois anos em cartaz com “Amor, humor, o resto é bobagem”, no qual você atuou e escreveu. Qual a receita desse sucesso? Acho que no caso da peça: Amor humor o resto é bobagem, foi a identificação do público com o personagem... uma comedia de relacionamentos leve, divertida e atual.

E que em breve irá virar filme. É um desafio muito grande e ao mesmo tempo prazeroso. Como encara esses desafios que vão além de interpretar uma personagem? Amo desafio, como uma amiga minha disse uma vez sobre mim. A Monica é incansável. Eu tanto insisti que consegui. Sempre pensei em fazer desse roteiro um filme, uma comedia da qual fala sobre o amor de diversas formas. Sempre acreditei no meu sonho, e tem um ditado que diz: Só não alcança quem desiste. Procurei as pessoas certas.


Aos 46 anos você é um belo exemplo de que é possível passar pelo tempo e ter uma rotina de trabalho puxada sem abrir mão da estética. Como planeja seu tempo para fazer tudo e manter a forma? Acho que manter uma rotina ajuda, tenho meus horários que dedico a mim mesma. Faço aula de personal com meu professor Fred Roma na parte da manhã, faço pilates e massagem. Tento cuidar da pele, tenho dois dermatologista maravilhosos a Dra. Juliana Carvalho e o Dr. Newton Moraes. Tento Fazer minha parte sem neutras, nos finais de semana me dou ao direito de comer o que eu tenho vontade e de beber meu vinho. E quando estou com minhas filhas estou por inteira. Acho que quando amamos o que a gente faz sempre arrumamos tempo para tudo. 

Durante muitos anos você foi um sex symbol e chegou a estampar 3 capas da Playboy. Em algum momento esse rótulo te incomodou? Mudaria algo se pudesse voltar no tempo? Nunca me incomodou em nada. A beleza abre portas sim, pode ser um cartão de visita, mas o que te sustenta em qualquer profissão é a sua capacidade, a sua persistência e sua ambição no bom sentido. Até porque sempre vai ter uma mais bonita, uma mais inteligente chegando. 



Hoje você é mãe de duas filhas (uma de 13 anos e outra de 1 ano) e se mantem em plena forma. Qual o segredo? O que te dá prazer nesse quesito? Acho que já respondi essa pergunta, tenho uma rotina de exercícios, cuido da pele e tento ser feliz. E o meu maior prazer é estar com minha família sempre. Meu marido me apoia muito.

Até onde vai sua vaidade? O homem vaidoso também te atrai? A minha vaidade está sempre ligada a saúde. Faço exercícios por que fazem bem a saúde, cuido da alimentação, tento ser equilibrada. E se cuidar é sinal de auto estima. Meu marido também é um homem vaidoso nesse sentido. Adoro gente que se ama, que se cuida.

O que os homens ainda não sabem que as mulheres querem? Acho que hoje em dia a mulher quer mais atenção, mais carinho, se sentir valorizada pelo que ela é.

Você é carioca e hoje em dia mora há um tempo em São Paulo. Foi difícil se adaptar? O que prefere de cada cidade? No começo foi difícil, não tinha amigas, família e trabalho nada aqui. Hoje tenho tudo isso, adoro São Paulo, uma cidade vibrante, cheia de oportunidades, lugares bons, bons restaurantes. E quando tenho saudades vou ao Rio, nada que 40 minutos num avião não resolva.

O que te distrai nas horas vagas? Brincar com minha filha Valentina de 2 anos, ela tem muita energia.

Pelo jeito você está mais ativa que nunca. O que podemos esperar mais para 2018? Um projeto maravilhoso, que é meu sonho. Meu texto no cinema.



Fotos Marcio Romano
Direção Criativa e Stylist Marcia Dornelles
Beleza Caty Pires

MONICA VESTE – Look 1: Maiô preto e branco: Bum Bum Ipanema, joias: Silvia Blumberg, maiô branco de crochet: Butique Crochet e Jóias Silvia Blumberg; Look 2: Hot pant marfim, brinco Diviníssima, anéis: VF; Look 3: Vestido branco: Laffort joias: Silvia Blumberg e Rosa Pinheiro, Max colete: Innocenti, anéis: VF, brincos: Diviníssima

Nenhum comentário:

Postar um comentário