MUSAS

Aqui você vai encontrar todas as nossas musas queridas que já passaram pela MENSCH e acrescentaram beleza, informação e muito charme. São nossas queridas musas que já participaram da seção "O Universo Masculino segundo..." ou matérias especiais. Afinal todo homem bem sucedido não vive sem sua musa. É sempre bom rever um pouco mais delas...


Gyselle Soares, docemente conhecida como a “cajuína do Big Brother 8”, onde se destacou com a segunda colocação, a morena tropicana trocou de vez o Piauí, sua terra natal, pela França. Lá Gyselle se sente tão à vontade quanto em casa, “eu tenho no meu coração a França”, diz a bela. Com uma vida profissional agitada, hoje Gyselle é atriz e sua carreira anda a todo vapor. Trilhando uma carreira internacional, onde já participou do programa “Bikini Bresilien”, Gyselle foi responsável por ciceronear no Brasil as participantes da atração francesa, e gravar o seriado francês “Camping Paradis”, que já está no ar há três anos. No Brasil, a bela acaba de ser aprovada para o elenco do novo filme do cineasta francês Arnaud Lemort, onde viverá a Thalita, e ainda esteve envolvida em dois longas: “Natascha – O Anjo da Morte”, onde viverá a personagem Catarina, e “Os sonhos de um sonhador”, que contará a trajetória de Frank Aguiar. Entre idas e vindas da ponte França-Brasil, conversamos com Gyselle e ainda colhemos um ensaio inédito feito pelo fotógrafo francês Francesco Bonanno.

Seguindo as regras do BBB... Você é um anjo ou mandaria fácil alguém que te desagrade para o paredão? Felizmente o mundo real não se parece com o BBB. Nós não eliminamos pessoas que encontramos com votos! Além disso, acho que no mundo real, eu certamente teria vencido (risos). Mas é verdade que na vida eu sou muito instintiva. As pessoas que eu encontro e sinto um ar ruim, eu me afasto rapidamente.

Dona de um corpo escultural o que você faz para que os homens prestem atenção a suas outras qualidades? Eu sou uma pessoa muito natural, não sou uma sedutora. Sou um pouco desastrada: riu alto, derramo copo de vinho na própria roupa... Acreditem em mim, isso chama atenção! (risos)

O que a França fez para te conquistar? Minha pátria é o Brasil, mas eu tenho no meu coração a França. Minha mãe me deu um nome francês (Gyselle), que influenciou minha vida. Eu tenho no meu coração os dois países que amo muito. E do que você sente falta do Piauí, sua terra natal? Do Piauí, sinto saudades da minha família e do calor humano daquela terra, da comida, dos amigos e se eu for contar tudo aqui do que sinto falta não vai ter espaço para as outras respostas.

O que é um homem bem vestido pra você? É um homem tem o seu próprio estilo e assume o que ele veste, se bem que às vezes, é melhor pedirem um conselhinho a namorada!

O que os homens ainda não sabem sobre as mulheres, mas precisam descobrir já? Eu sou a favor por deixá-los procurarem sempre! É assim que eles ficam mais lindinhos.

Qual o cenário ideal para viver uma noite romântica? Eu penso que não existe um cenário ideal, mas eu confesso que um homem que passa vários dias e semanas a refletir para preparar a mais bela noite da sua vida, é muito romântico. O que não acontece muitas das vezes.

Qual parte do seu corpo mais te agrada? Meus olhos castanhos escuros.

O que te faz aumentar ou diminuir a libido? Eu sou muito sensível ao odor, à pele. Mesmo o mais bonito dos homens e mais bem vestido, se o cheiro da pele não me agrada, me corta todo o desejo.
Fotos: Francesco Bonanno
Agradecimento: Fabiana Gomes - GMP Assessoria de Imprensa
Agradecimento especial a Gyselle Soares
Site Oficial:
www.gysellesoares.com

Acompanhe a MENSCH também pelo Twitter: @RevMensch e baixe gratuitamente pelo iPad na App Store.



Quando apareceu no reality show Big Brother de 2009, Mayra Cardi chamou atenção pela sua personalidade e ousadia marcantes. Mayra é um tipo de mulher que não tem papas na língua e não desperdiça seu tempo por pouca coisa. Segura de si, hoje em dia Mayra se mostra ainda mais bonita (como você verá nesse ensaio exclusivo para a MENSCH) e ousada. Muita coisa mudou desde o programa, da agenda lotada de compromissos até o coração que agora bate mais forte pelo ator Vinícius Vieira. Mais sarada do que nunca, Mayra mostra que os tais 15 minutos de fama podem durar anos para quem tem talento e personalidade.

Bonita desse jeito, você já levou alguma cantada mais ousada que deixou você balançada? Como é uma cantada, digamos legal? Levo cantadas ousadas, as quais quero voar no pescoço da pessoa até enforcar (risos). Brincadeira, mas existe cantadas grosseiras que a vontade interna é essa, mas nada que um sorriso sem graça não resolva, nada melhor que bancar a desentendida. Acho que a cantada que mais gosto é aquela com o olhar... Sabe quando o olhar fala tudo? É assim que gosto de homens, discretos e que respeitam meus limites.

Ter passado pelo Big Brother Brasil te fez ficar mais ligada no jogo de sedução entre homens e mulheres?  Jamais, acho que nem tem ligação uma coisa com a outra. A única coisa que se aprende ali dentro, é como o ser Humano é mentiroso e perigoso, como pode passar por cima de tudo e todos por dinheiro. E como podemos superar nossos limites mais impossíveis de se acreditar. Dentro do BBB eu jamais me envolveria com alguém, por “N” motivos, nem me deixaria envolver, aquilo ali está longe de ser sedutor... dá MEDO.

O que um homem precisar ser e fazer para conquistar você? Precisa ser muito esperto e inteligente... Humilde, engraçado, são coisas que também favorecem, mas burro não dá, odeio homem burro. Ele precisa ser meu amigo em primeiro lugar. Antes de virar amor, tem que ter amizade, primeiro que não fico, nunca fiquei por ficar, eu primeiro me apaixono, depois vem o beijo e namoro, nunca o contrario. E depois que sempre penso que quando envelhecer, vou querer conversar muito, então se ele não tiver muito papo para me oferecer... Já era o encanto. Não gosto de homem bonito.
Qual o maior desejo de uma mulher que um homem pode realizar?
Acho que é entender e aceitar o mundo feminino... Nossas vontades e espaço. Mulher é um ser complicadinho... Se existir um homem que nos entenda inteiramente... Seria o homem perfeito. Homens mais velhos chegam muito próximos da perfeição aos meus olhos. Por isso prefiro os mais velhos, ao menos cinco anos mais velho. Enquanto não acho esse homem perfeito o Reynaldo Gianecchini serve para passando meus dias sem problema algum... Tenho certeza que ele é muito perfeito (risos).


Que características masculinas você mais admira na hora da sedução? Existe algum ponto fraco feminino neste sentido? Sorriso largo e olhar firme para mim são infalíveis. Mas esses são pontos iniciais visuais, para uma aproximação, mas existe a aproximação mais lógica e comum, que é aquela que o cara vira meu amigo, passamos mais de seis meses conversando por telefone, emails, nos conhecemos de verdade um ao outro... E uma amizade se torna amor. Essa é a forma mais infalível.
Como o homem deve sinalizar que a relação é apenas de sexo sem estragar tudo? Impossível... Sou a moda antiga, pode tentar o sinal que quiser que não rola. Eu só vou para cama com um homem quando amo, ou estou apaixonada, e ai o natural é que ele esteja também, então nunca rola apenas uma única vez. Nunca nenhum homem ficou comigo apenas uma vez... Todos os homens que eu tive, o mais rápido durou dois anos.

Às vezes o cara está tão empolgado e ansioso pela primeira transa com aquela gata desejada, que na hora H termina falhando. Qual a melhor forma para o cara se sair bem numa hora dessa? Nunca me aconteceu isso, pois acho que isso de ter constrangimento deve ser comum quando não se tem intimidade com a pessoa. Quando você é intimo de alguém, nada te faz ficar constrangido. E como nunca vou para cama com ninguém que não tenha muita intimidade, nunca rolou.
Uma das características femininas mais comentadas é que as mulheres se pegam muito em detalhes. Que detalhes são mais importantes e como identificá-los? Então... Eu particularmente sou homem... Odeio mulherzinha (risos). Tive filho aos 17 anos, amadureci com isso, tive mais dois casamentos conturbados, onde passei por inúmeras dificuldades. Tive um problema seríssimo de doença, grave... Esses entre outros fatores me fizeram ver a vida de uma forma diferente. Não tenho tempo para brigar por coisas pequenas, a vida vai muito além disso. Acho perda de tempo, essas picuinhas ridículas do cotidiano. Me apego em falta de caráter e mentiras sérias, sinceramente nem traição física me abala... Somente traição moral. Acho que sou muito mais feliz quando decidi adotar esses métodos.

Até onde a vaidade masculina é interessante para uma mulher? Acho que o mínimo de vaidade é necessário, se preocupar com a barriga excessiva de chopp, deixa de ser vaidade para ser saudável. Banhos demais é higiene pessoal. E se vestir bem faz bem aos olhos... O resto cada um é cada um, se o homem se sente bem sendo extremamente vaidoso, e me faz feliz e se sente feliz o que é mais importante, o resto é resto. Odeio homens musculosos demais daqueles que dá a impressão que querem se possuir de tanto que se gostam. Mas essa é a minha opinião... Ah quem goste.

Fotos: Neto Fernandez
Agradecimento: Valmir Rocha
Agradecimento especial a Mayra Cardi



Siga a MENSCH no Twitter: @RevMensch e baixe no iPad, é grátis: http://goo.gl/Ta1Qb



O nome dela é Janaína Jacobina, mas você poderia muito bem chamar de Mulher-Maravilha que cairia como uma luva para essa matogrossense que começou a carreira aos 12 anos desfilando para a marca Ellus e logo a seguir, embarcou para o Japão para trabalhar como modelo. Desde então Janaína não parou mais, sem papas na língua atraiu todos os olhares (inclusive os de inveja da mulherada) ao participar da terceira edição do programa “A Fazenda”. Além de sucessos na TV e nas passarelas, Janaína extravasa suas energias é através dos esportes radicais, seja na água, na terra ou no ar, Janaína vive a vida no melhor estilo aventureiro. Muito brincalhona e segura de si, atualmente seu desafio é no programa “Tudo é Possível”, da Record, onde encara novos desafios. Sempre com um belo sorriso no rosto e muita personalidade.
  
Janaína, você já passou por programas como A Fazenda, TV Fama, Saindo da Rotina... qual deles você diria que foi o mais radical? Cada um tem um estilo completamente diferente do outro. Espero e tenho certeza que a minha matéria radical ainda está por vir! "A Fazenda" é um reality show que envolve confinamento, divisão de grupos e dois milhões de reais em jogo. Assistir ao programa é uma coisa; estar lá dentro é completamente diferente (com pessoas que já fizeram algo na TV). O "TV FAMA" é um programa diário, como uma revista de "celebridades", só que na TV.

A série "Saindo da Rotina" é muito interessante. Primeiro o fator surpresa. A gente não sabe a cidade onde será gravado. A adrenalina já começa ao arrumar a mala, sem saber para onde está indo. Somente no aeroporto você começa a ter uma idéia do possível lugar. Nesse momento, celular e aparelhos eletrônicos já estão com a produção. A missão é conviver com outra família e seguir sua rotina, que não é uma tarefa tão simples assim. Cada casa tem os seus hábitos, manias, regras e você tem de participar dos afazeres dos moradores da casa.

É completamente diferente de um confinamento, como "A Fazenda", e onde você não está competindo a nenhum prêmio. Apesar da intensidade das gravações, do cotidiano, as possíveis diferenças, é impossível não se apegar e surgir um carinho pelas pessoas. Além dos momentos de "perrengues", diversão, "micos", superações, aprendizado, entretenimento, o “Saindo da Rotina” traz uma reflexão social, mostra a diversidade sócio-cultural que temos no mesmo país, no mesmo estado. São realidades que muitos nem imaginam que poderia existir.
"A Fazenda" era tudo aquilo que você esperava ou foi pega de surpresa até mesmo com suas reações lá dentro? Algum ressentimento? Considero A Fazenda três o segundo maior presente da minha vida. Entrei com muita garra e vontade de ganhar. Ao entrar pela porteira, muitas surpresas estavam a caminho. Assistir a Fazenda é uma coisa, estar confinado dentro dela é outra completamente diferente. São 16 pessoas dentro da mesma casa, cada uma de um estilo, personalidades diferentes, no mesmo quarto, mesmo banheiro, sem comunicação com o mundo, histórias e objetivos de vida diferentes... Na primeira semana tudo bem, mas com o passar dos dias, o clima fica mais tenso. Quando entrei, pensei que conseguiria passar os três meses numa boa, mas não foi assim. Tudo o que fiz e disse lá dentro, fiz consciente. Ter coragem de falar o que pensa, não é simples. Existe um preço!

Na minha edição, teve um diferencial das edições anteriores: a divisão de grupos, que me fez refletir muito sobre várias situações, valores de vida e também materiais.
Votar em grupo é interessante quando você está de acordo com as idéias dos integrantes e escolhe participar do mesmo. No meu caso, chegou um momento onde eu discordava completamente da estratégia que eles tinham. Tenho certeza de que não sou melhor do que ninguém, porém abrir mão do que eu acredito, significaria jogar no lixo, a minha essência, o que aprendi com a minha família e com a vida. Foi aí que os conflitos começaram.

Fui sincera e bem verdadeira lá dentro. Tive coragem de mostrar quem eu sou: um ser humano como qualquer outro, que vence, sofre, supera... Lembro que eu pedia a Deus me dar forças. Fiquei na fazenda 84 dias, fui campeã de roças. Cada vez que eu voltava de uma delas, mais rejeitada eu era... Não fazia idéia do que estava acontecendo aqui fora. Segundo pesquisas, eu entrei na Fazenda com 2% de popularidade e saí com mais de 95% de aceitação do público. Eu estava além dos meus limites, emagreci quase 7 kg durante o programa. Todos os "problemas/mágoas" que existiram dentro da Fazenda, resolvi lá, e tudo isso foi ao ar. Saí da Fazenda com o meu HD limpo!

Na convivência é melhor se relacionar com homens ou mulheres? Falta nas mulheres a cumplicidade masculina?  Pra mim, nesse caso, não existe diferenças. O que existe é a personalidade de cada um, sua criação, história de vida, medos, traições, seus valores. Isso sim influencia nas atitudes do dia a dia da pessoa, seja nos momentos bons quanto nos delicados.

Sei que você é fã de esportes radicais, quais seus preferidos? Já suou frio e quase desistiu de algum em cima da hora? Gostar de esportes radicais e adorar aventura é uma situação. Isso não significa que a pessoa não sente medo algum. A adrenalina vem justamente neste momento, onde o medo é desafiado e o melhor, superado! Recentemente, eu fui a Las Vegas e saltei de um prédio de 90 andares. Adorei!!!

Você já viajou muito para fazer matérias radicais e esportivas. Conta qual foi a mais radical? Já fiz trilhas de 5 horas, com terreno extremamente íngreme, uma dela foi no interior de Minas, próximo a cachoeira do Tabuleiro, considerada a terceira maior cachoeira do Brasil. O "perrengue" foi na volta, com chuva forte. Mesmo com roupa adequada, subir na chuva foi bem difícil, não tinha um ponto para sentar e esperar a chuva passar, não dava porque era final do dia. Uma das pessoas que estavam no grupo caiu entre as pedras e quebrou uma das pernas. Precisávamos de socorro para ajudar o nosso colega e conseguimos um jegue emprestado (carro não tinha acesso) e nem sei explicar como conseguimos voltar e buscá-lo. Falta pouco para eu ser oficialmente piloto de trike. Durante minhas aulas práticas, confesso que bate uma sensação de responsabilidade de estar com todos os sentidos ligados em cada detalhe, em cada movimento, atenta para lembrar-se da teoria.

O que um homem precisa ter e ser para provocar interesse em você? Que qualidades você admira num homem? Com as experiências da vida, hoje uma das primeiras coisas observo num homem é a maneira como ele trata as pessoas, dos amigos ao manobrista. Caso exista algum movimento, palavra que possa remeter a uma pessoa agressiva não perco mais um minuto para analisar nada. Quando o assunto é relacionamento, beleza não é algo que me provoca interesse. Admiro homens autênticos, que não usam aquele texto decorado pela maioria, durante a conversa você percebe que ele está sendo natural, não tenta ser o "príncipe encantado” ou o “último romântico". Dá para perceber quando o assunto flui naturalmente, quando a "graça" não é forçada. Estou namorando a mais de um ano, no nosso primeiro jantar fiz o oposto: só contei meus defeitos, de propósito, e não fui "vestida para matar". Quero ao meu lado um homem de verdade, com qualidades e defeitos, que saiba que não sou cinderela, que realmente valorize suas origens, por mais simples que elas sejam e saiba o valor da família na vida de qualquer ser humano. Gosto do luxo, de tecnologia, mas amo "coisas simples", como ficar descalça e sentir a terra, a natureza, ouvir a chuva...

Na hora do sexo você curte muita adrenalina ou tem limites? Sexo é intimidade, é pele, é sintonia, é a energia o momento, não tem roteiro!
Qual a pior mancada que um homem não deve cometer na cama? Sexo não é uma pessoa, são duas! Para mim, sexo não é teatro, não é via única, é mão dupla. Mancada é fazer o que não quer, é fingir o que não sente...

Que aventura radical você não iria resistir e te deixaria de quatro pelo cara que te fez o convite? Uma aventura que não resistiria era conhecer a LUA. Agora me deixar apaixonada aí já é outro assunto, não venho com bula, (risos)!

Um homem de estilo segundo Janaína Jacobina usa o que? Não tem medo de vestir o que tem vontade. A roupa é um detalhe, quem dá vida, é a personalidade de quem a veste. Palavras: atitude, personalidade!


Agradecimentos: Fabiana Gomes – GMP Assessoria de Imprensa
E agradecimento especial a bela Janaína Jacobina.


Siga a MENSCH no Twitter: @RevMensch e baixe no iPad, é grátis: http://goo.gl/Ta1Qb

______________________________________________________________________________________________________

Falar de mulher bonita é uma especialidade aqui pra equipe da MENSCH, mas quando se trata de uma mulher bonita e musa de uma geração a coisa já muda de figura. Agrega uma responsabilidade que vai além da beleza dela. É o caso da bela Cida Costa, outra eterna musa dos anos 80 que até hoje mantém todos os atributos que a elegeu. Cida fez sua primeira grande aparição num comercial de hidratante, nua, ao lado de uma criança que como a “mãe” imitava seus gestos. O comercial ganhou prêmio em Cannes e Cida Costa o título (e a capa) de Garota Playboy em 1988. De lá pra cá Cida não parou mais. Trabalhando sempre como modelo, ela soube driblar o tempo e manter-se ainda um ícone de beleza, elegância e sensualidade, como vocês poderão conferir aqui nesse ensaio exclusivo clicado pelo nosso amigo Wagner Carvalho. De quebra, uma bela entrevista com a musa.


01 - Prêmio de publicidade em Cannes, capa de PLAYBOY... os anos 80 foram pura sedução? O que mais encantava naquela época que se perdeu hoje em dia? Os anos 80 foi uma época em que estávamos experimentando a liberdade de expressão, movimentos musicais, comportamentais e etc, falava muito sem pensar nas consequencias, hoje tenho consciência que sou formadora de opinião, tenho mais responsabilidade naquilo que falo. Não acho que nada se perde, tudo se transforma.

02 - Qual a diferença do homem nos anos 80 e hoje em dia? Existe? Quem mudou mais, o homem ou a mulher? Não sei identificar, e um assunto complexo, mas acredito que naquela época as pessoas em geral tinham uma sede muito grande de viver toda a liberdade conquistada, hoje estamos sabendo dosar, buscando equilíbrio, revendo os conceitos, o que se chama... back to basics.


03 - O mundo mudou mesmo ou no fundo as mulheres continuam buscando o príncipe encantado pelo qual largariam carreira e sucesso? Eu acho que todos, tanto homens como mulheres estão sempre em busca de um companheiro, mesmo inconsciente. Quanto a carreira e sucesso cabe a cada um avaliar o que e melhor pra si.

04 - Como se sair bem com aquele tipo de mulher que adora jogar o charme, mas que não sai do pedestal? As vezes a mulher tem uma postura que acaba sendo rotulada como intocável, mas, somos todos seres humanos independente da posição que ocupamos ou profissão, com as mesmas vontades e anseios, portanto suscetíveis a todas as coisas, o melhor sempre e, nunca fazer tipo, ser verdadeiro e o melhor caminho.

05 - Uma forma da relação entre homens e mulheres ser mais harmoniosa seria o homem ser mais sensível e a mulher mais racional? Talvez, e uma boa idéia... risos...acho que não existem regras, o que importa e o amor, a fidelidade e o companheirismo.

06 - Quais os maiores erros que um homem não pode cometer ao tentar conquistar uma mulher? Mentir, não ter educação.

07 - E falando em anos 80... Você está mais para a turma descolada e colorida da praia do "Armação Ilimitada" ou da comédia rasgada do "TV Pirata"? Comedia da TV Pirata, me divirto muito.

08 - A sua trilha sonora dos anos 80 seria "Like a Virgin" de Madonna, "Gatinha Manhosa" de Leo Jaime ou "Menina Veneno" de Ritche?
Like a Virgen com certeza, essa música e linda e up to date, marcou uma época. É um estado de espírito.
 
Texto: André Porto
Assessoria Produção: MD Produções e Casting  by Márcia Dornelles
www.mdproducoes.com
Fotos: Wagner Carvalho  
www.wagnercarvalhophothographer.com.br
Make Up: Luciano Sossa


AGRADECIMENTOS
Rede Marriott Hoteis - Locação
Armani Exchange
Agradecimento especial à nossa querida Cida Costa.

Siga a MENSCH no Twitter: @RevMensch e baixe no iPad, é grátis: http://goo.gl/Ta1Qb


______________________________________________________________________________________________________




Para quem quer um motivo para assistir o Domingão do Faustão, a repórter e assistente de palco Carla Prata é um motivo mais do que justo. Aliás, Carla deveria se chamar “Carla Ouro”, pois ela é uma verdadeira jóia. Além de bela, a gata em breve será também uma futura administradora assim que encerrar seu curso. Carla sonha alto e pretende ser uma grande apresentadora, se depender de beleza e dedicação com certeza ela chega lá. Até por que fãs ávidos para admirar sua beleza não faltam. 

01 - Carla, repórter e futura administradora. O que te encanta mais? Com certeza a televisão. Meu sonho é ser apresentadora.

02 - Além de dançar o que faz para manter e esculpir o corpo? Faço musculação na academia Barra Gym com meu personal Julinho.

03 - Depois que se tornou bailarina e entrevistadora no programa Domingão do Faustão o assédio aumentou ou os homens ficaram inibidos?Eu acredito que isso causou certa inibição sim! (risos)

04 - Quando você acha que uma mulher inibe o homem? E como ele deve reagir e virar o jogo? A mulher inibe o homem quando ela é bonita, independente e quando é uma mulher de atitude. Na verdade, acho muito bom que a mulher tenha conquistado o seu lugar. O homem só consegue conquistar uma mulher de atitude se ele não for machista. Caso contrário, tem que ficar com aquela famosa "Amélia" de antigamente.
05 - Ajuda nossos leitores, como identificar que uma mulher está perdendo o interesse nele e está começando a olhar para a "grama do vizinho"? Como evitar? Quando o homem pára de dar atenção à sua mulher... Aí mora o perigo!!! Leve-a para jantar, seja educado e gentil, faça uma viagem diferente, uma surpresa, mostre o quanto ela é importante para você, repare algum detalhe diferente nela. Dizer um simples e verdadeiro "eu te amo" também pode fazer muita diferença. Agora, na minha opinião, quando a mulher perde o interesse no seu parceiro, ela deve terminar essa relação para então, dar um tempo à ela mesma e depois então se permitir conhecer uma nova pessoa.

06 - Qual o maior erro dos homens na capa: falhar na hora H, não ligar no dia seguinte ou após o sexo deitar e dormir? O que não tem perdão? Nunca passei por isso, mas acredito que seria não ligar no dia seguinte, principalmente quando a mulher está interessada nele.
07 - Que tipo de lingerie você usa? Qual calcinha é mais confortável?Depende da ocasião. De dia, uso calcinha pequena de algodão e para as noites, principalmente as especiais, para agradar o maridão, eu uso lingeries bem sensuais.

08 - Se a gente estivesse em um bar, e a bebida fosse por minha conta, o que você pediria? A paquera fica mais facinha depois de umas doses? Eu não tenho o costume de beber. É muito raro isso acontecer. Como as pessoas que conheço, quando bebem ficam mais alegres, acredito que para elas fique mais fácil. Mas eu que reparo tudo, sou muito observadora e gosto de olhar nos olhos, a bebida não funciona não.




Texto: André Porto
Fotos: Davi Borges
Agradecimento: Fabiana Gomes – GMP Assessoria de Imprensa
Agradecimento especial a Carla Prata


Siga a MENSCH no Twitter: @RevMensch e baixe no iPad, é grátis: http://goo.gl/Ta1Qb

________________________________________________________________________

Magda Cotrofe passou ao longo dos anos praticamente inabalada pelo tempo. Quem não lembra da bela morena que deixava Rochinha, do Viva o Gordo, todo nervoso? Magda é constantemente lembrada pelos homens com mais de 30 e poucos anos que pronunciam seu nome seguido de elogios à sua beleza marcante. Eterna musa dos anos 80, Magda continua bela e estonteante nos dias de hoje como vocês poderão conferir nessa entrevista e ensaio exclusivo para a MENSCH feito pelo fotógrafo Wagner Carvalho . Mate um pouco a saudade dessa musa e volte a suspirar ao pronunciar seu nome. Ela merece todos os elogios.

01 - Magda, mesmo depois de tantos anos você continua sendo considerada um ícone dos anos 80, como referência de mulher bonita que surgiu nessa década tão comentada. A que você atribui tudo isso? O que isso representa para você? Atribuo isso a pessoa que sou e as atitudes que tenho. Considero motivos para permanecer no imaginário das pessoas há mais de 20 anos. Claro que isso representa muito para mim, é gratificante.
02 – Musa de uma década, você foi a 1a mulher a ser capa da PLAYBOY por três anos consecutivos, mulher do Rochinha do Viva o Gordo de Jô Soares...Tudo isso te deixou mais segura de si? Acredito que não deve se sentir segura por trabalhos que faz, porque o bacana é sempre sentir o friozinho na barriga, para buscar cada vez mais. Tentar alcançar novos horizontes.

03 - Por falar em segurança... Quando as mulheres são mais inseguras? E como os homens podem entender e ajudar nisso? Penso que mulheres ficam inseguras quando seu parceiro não dá atenção, carinho, enfim coisas antigas e simples, mas que faz muito efeito.

04 - A cabeça do homem mudou muito dos anos 80 pra cá? Ou a mulher que mudou mais? Como você vê esses dois casos com o passar do tempo?
Acredito que as mulheres tiveram mais mudanças, mas os homens também evoluíram e é muito bom porque temos que acompanhar a evolução do mundo.
05 - A liberação sexual está mais forte hoje em dia do que nos anos 80? Você viveu uma década pré-AIDS e depois o mundo convivendo com o vírus. Hoje por um lado vivemos novamente uma liberação sexual até meio irresponsável, é o sexo pelo sexo. Você que viveu o boom dos anos 80, como vê tudo isso? Acho que a maior liberação sexual com certeza foi no final dos anos 80, foi o grande boom, de lá para cá, as pessoas estão cada vez mais se adaptando a esses novos momentos. Acredito que poderia ter mais amor nas relações e um pouco mais de dificuldade, para ter mais sabor. O importante é manter os valores familiares, isso nos faz crescer como ser humano e nos situarmos neste mundo acelerado.


06 - Hoje as mulheres estão indo à caça sem a menor culpa. E isso até deixa alguns homens meio inseguros.  Você concorda? Você acha que hoje as mulheres estão dando o troco ou cometendo os mesmo erros que elas criticavam nos homens antigamente? Não é questão de certo ou errado, é adaptação do momento. Claro que alguns homens se assustam com essas atitudes, mas o que importa é buscar o que te faz bem e feliz, sempre tem alguém que encaixa no seu perfil.

07 - Homens são de Marte e as mulheres de Vênus? Quais as grandes diferenças de interesse dos homens e mulheres em sua opinião? De um modo geral realmente somos bem diferentes, a visão da vida pelo olhar masculino é mais prático, simples e pelo olhar feminino mais romântico, colorido e complicado (risos)

08 - Hoje você está no seu segundo casamento. Já pode apontar certos erros básicos e áreas perigosas no casamento que o homem não deve cometer ou entrar para não estragar a relação? Casamento é muito bom e legal para quem está a fim de viver este momento e se dedicar a relação porque é uma doação, compreensão e adaptação diária de ambos, quando só um lado faz, a coisa começa ficar desalinhada. Hoje ninguém é obrigado a ficar com o outro, só tem um motivo que alimenta a relação e não pode acabar, é o AMOR, vejo que os casais de hoje não tem muita paciência, decidem as coisas com muita velocidade.

09 - O que não tem perdão numa relação e que deslize seria perdoável? É muito subjetivo porque o que é errado para mim pode ser certo para outros, cada um sabe o que faz sofrer e não perdoar.

10 - O que os homens não sabem, ou teimam em não saber, sobre as mulheres? Elas só querem se sentir amadas e bem cuidadas, com muito amor e carinho.

Texto: André Porto 
Assessoria Produção: MD Produções e Casting  by Márcia Dornelles www.mdproducoes.com
Fotos: Wagner Carvalho   www.wagnercarvalhophothographer.com.br
Make Up:  Luciano Sossa

AGRADECIMENTOS
Rede Marriott Hoteis - Locação
Armani Exchange
San 9 - Vestido Preto



Siga a MENSCH pelo Twitter: @RevMensch e beixe no iPad pela App Store.

___________________________________________________________________________________________


Sedução no mais amplo sentido”, essa foi a definição do fotógrafo Angelo Pastorello ao fotografar com exclusividade a modelo Márcia Spézia para a MENSCH. Márcia pra quem ainda não sabe, é uma das coelhinhas oficiais da PLAYBOY Brasil e é considerada uma das mulheres mais lindas que já passaram pela revista. Que Márcia é linda e uma gostosa todos já viram nas fotos, o que pouca gente sabe é o quanto ela é querida e muito simples. Atenciosa como sempre, Márcia é digna de todos os elogios cabíveis às grandes estrelas. Sua simplicidade e simpatia a tornam ainda mais bela e querida por onde passa. E foi com essa simpatia que conversamos um pouco com a nossa Musa para conhecer um pouco mais sobre ela.

Você é bonita, tem um corpaço... em geral os caras caem em cima ou eles ficam intimidados? Primeiramente obrigada pelo elogio, em geral caem em cima, mas de uma maneira intimidada, acho que toda mulher ela tem um escudo invisível, ou seja, você pode ser a mulher mais gostosa do planeta, mas seu comportamento vai intimar se você preferir, ou dar abertura!! Claro que sempre vai ter os caras de pau que vem com óleo de peroba no bolso e que vai cair em cima com tudo, mas cabe a cada uma como agir. Tem como ser bonita e gostosa sem "pedir atenção", e sim ser discreta, é onde eles ficam intimidados.

Se você for transar com o cara e ele sacar um comprimido azul do bolso, como você vai reagir? Em primeiro lugar não vou julgar, nunca sabemos qual o problema ou objetivo, pode ser um bom desempenho em função de nervosismo, Segundo, querer agradar não faz mal, cada um sabe onde o sapato aperta!!! Terceiro, Por mim sem problemas, até porque se a mulher finge orgasmos para satisfazer um homem enganando a si mesmo, porque o homem não pode tomar um "reforço"??? 

O que faz um homem não passar do primeiro encontro? Várias coisas; é nos pequenos detalhes que pego algumas informações que vou saber se vai ter segundo ou terceiro encontro, etc... Mas uma coisa que não   suporto é que seja esnobe, contador de vantagens!!! E pior do que isso, aquele que fica controlando gastos e falando de preços na minha frente, medo de gastar!!! Para um primeiro encontro é o fim!!!! Pelo amor de Deus, não quero dizer que o homem tem que sair dando do bom e do melhor, o mais caro e etc, isso é educação, se você estiver a fim de conquistar uma mulher no primeiro encontro, basta ser gentil e calar a boca quando se trata de pagar um jantar, um bom vinho, champanhe o que for dentro das suas condições, as melhores coisas e momentos também estão nas coisas simples da vida!!!  Vai depender de onde será o primeiro encontro!!!


Na PLAYBOY você sempre aparece na matéria sobre o Brasileirão, você bate um bolão? Qual seu tive do coração? Se eu bato um bolão???? tento, (risos)!!!  Venho de uma família de gremistas, meu falecido avô paterno era doente pelo grêmio, no casamento do meu pai ele usou calça social e a camisa do grêmio, juro!!! Não sou torcedora, até porque moro em SP e desfilo na Gaviões da Fiel, tenho um grande carinho pelo time!!! Depois de ver tanta violência entre torcidas desanimei, eu só paro para assistir e torcer pela seleção.

E entre quatro paredes, como você joga? É do ataque ou fica na defesa? Depende do parceiro (risos)....Algumas vezes vou para o ataque, outras na defesa, sexo é isso, tem que ter espaço para os dois, do mesmo jeito que o homem gosta de ser surpreendido, a mulher também gosta de ficar dominada, quando quero atacar invisto numa lingerie bem sexy, espartilhos, meia 7/8, essas coisas!!!


O que não pode faltar na nécessaire de um homem? Perfume, adoro homens cheirosos!!! E claro a escova de dente!!!!! (risos) Mal cheiroso e com bafo não dá né??!!!

Como exercita o corpo e a mente?
Treino na academia ID de Moema, tenho o apoio deles, e meu personal é o     Alberto Mattar, faço musculação e aeróbio, um dia por semana faço dança do ventre, drenagem linfática, estou estudando francês e procuro ler muito!!!

E fora do trabalho, você é baladeira ou caseira? Onde é mais fácil encontrar Márcia Spézia? Já fui baladeira, hoje sou mega caseira, amo ficar em casa!!! Vou ao cinema, um jeito fácil de me ver.

O que achou de posar para esse ensaio? Manda um recadinho pros leitores da MENSCH. Achei o máximo posar para a MENSCH, agradeço a Mirinha e o André, amigos de tempo, espero que os leitores gostem das fotos porque fiz com muito carinho, e também sobre um pouco do que penso e como sou!!! Um beijo especial para todos!!


Texto: André Porto
Fotos: Angelo Pastorello (www.angelopastorello.com.br)
Produção: Mirinha Ventura (www.amofotografar.com.br)
Make up & Hair: Luciana Freitas (http://www.amofotografar.com.br/)
Agradecimentos especiais a Angelo Pastorello
e a nossa querida Márcia Spézia.

Acompanhe a MENSCH também pelo Twitter: @RevMensch
E baixe gratis no iPad pela App Store.








_________________________________________________________________________________________________________



A afinidade entre a repórter do TV Fama, Mônica e o fotógrafo Angelo Pastorello é algo comprovadamente de sucesso. Desde o primeiro trabalho, há dois anos, a dupla não parou mais. E mais uma vez os dois mostraram que essa dupla ainda vai render muitos trabalhos de sucesso, como esse recente feito por eles para a revista masculina MAXIM de junho. Num clima bem voyeur, os dois pararam o centro de São Paulo e deixaram muito marmanjo de boca aberta com as cenas que viu. Fomos conversar com eles para saber como foi feito tudo isso e conhecer um pouco mais dessa sintonia desses dois craques. E de quebra, veja algumas das belas fotos do ensaio. Pra quem curte fotografia um prato cheio, e para quem curte fotografia e mulher bonita então... perfeito!!


A ORIGEM DESSA AFINIDADE

MÔNICA "Nunca fui modelo. Então quando fui fazer minha primeira capa, na época para a revista UM, escolheram ele como o fotógrafo. Nos demos bem desde o início. E foi com ele que aprendi a fotografar. Então sempre que posso fotografo com ele."

ANGELO "Começou quando fizemos o primeiro ensaio há dois anos... Foi espontâneo, talvez porque gostamos de Black Sabbath!! Então fomos melhorando esta afinidade nas fotos."


DE ONDE SURGIU A IDÉIA

MÔNICA "Foi uma idéia minha. Saiu totalmente como eu imaginava. Eu queria fotografar de luxo e lixo, Av. Paulista, imagens clássicas... com uma pegada mais Rock n´Roll."


ANGELO "...a Mônica ofereceu a idéia para a Maxim, que topou na hora fazer o ensaio."


O QUE FOI MAIS DIFÍCIL


MÔNICA "Seguir a proposta do ensaio sem perder a concentração. Manter o foco e não se importar com a galera gritando, soltando gracinhas... Ela 7hs da noite no Centro de São Paulo, daí você já viu né?! Nessa foto da varanda mesmo, ficavam soltando gracinhas, e eu focada em Angelo do outro lado da rua em outro prédio. Foi aí que começaram a me chamar de Nathalie Lamour. (risos)"


ANGELO "Administrar luz a noite na rua precisa ter alguns cuidados, como por exemplo, quando e como somar a luz ambiente com o tipo de luz que eu vou adicionar, para poder "manter" o clima de noite mas com informações. São Paulo a noite tem alguns "problemas", como segurança para a equipe, muitas pessoas que param em volta e que às vezes acabam atrapalhando. A Mônica é a parte mais fácil!"


CLIMA DE VOYEURISMO


MÔNICA "Como te falei, não sou atriz e nem sou modelo, mas tem que dar uma de atriz ali e entrar no clima. Mas vocês homens devem entender mais do que eu de fetiche... Aquela coisa de olhar pelo buraco da fechadura... (risos) Homem curte muito isso. E acho que conseguimos passar esse clima. E tem que agradar aos leitores que vão comprar né?!"

ANGELO "A primeira idéia era fotografar num hotel antigo com várias possibilidades de cenários, que se estenderiam para a rua... Mas não foi possível fotografar neste hotel, então acabou utilizando a rua e tudo que estava em volta, viadutos, portas, hall, o terraço de um prédio antigo, onde eu fiquei do outro lado em outro prédio. O clima voyeur aconteceu naturalmente em algumas fotos pela própria distancia entre a Mônica e eu. Acredito que não existe uma "fórmula" para seduzir o leitor, a sedução é subjetiva, mas acho que existe uma "mística" na foto voyeur!"



Mônica, depois de ter feito PLAYBOY esse tipo de ensaio você tira de letra? Se eu te falar que não é mentira. Fazer PLAYBOY é o auge que se pode chegar da ousadia. Então te dar mais desenvoltura. Facilita sim.


Angelo, como foram feitas essas fotos? Que tipo de máquina, filme, efeito... foi utilizado? Minha primeira opção era fazer com filme de alta sensibilidade e fazer uma revelação "cruzada", filme cromo (slide) revelado em processo para negativo, o resultado seria uma foto com densidades fortes, contrastes e cores saturadas, também pensei em fazer um polaróide bem "tosco" com cores desaturadas, duas idéias opostas..... Mas, ambas as opções teriam custos! Então, fotografei com uma Canon digital com iso 1.200, para obter uma textura mais "suja" e também somar a luz ambiente que era muita fraca!!! Usei dois geradores a bateria com flashs e temperatura de cor fria, depois no photoshop fiz alguns layers de ajustes e desaturei um pouco as cores... Portanto, sem efeitos!!!






[+ de Mônica e Angelo]
Mônica Apor já participou de nossa seção O Universo Masculino... veja aqui. E Angelo Pastorello já foi capa da MENSCH em fevereiro passado, veja aqui a entrevista completa.

Por André Porto
Fotos: Angelo Pastorello
Agradecimentos: Revista MAXIM (ensaio completo na edição de junho)
Agradecimento especial ao fotógrafo Angelo Pastorello que gentilmente nos cedeu as fotos da matéria.

Acompanhe a MENSCH pelo Twitter: @RevMensch
E baixe no iPad, grátis: http://goo.gl/Ta1Q


_________________________________________________________________________________________________________



Mulher é sexo frágil nada disso! Pelo menos em se tratando da atriz Suzana Pires, mulher de personalidade, segura de si e dos seus sentimentos, vai à luta pelo que quer sem dever nada a ninguém. Porém, ao mesmo tempo essa pantera Suzana requer carinhos de gatinha. Como ela mesma diz nessa entrevista, no jogo da sedução ela prefere ser a caça, e não a caçadora. Simpática, inteligente e com um humor sedutor, Suzana merece ser reverenciada por todos os homens que por ela passar.  Diante dessa baita mulher, nosso agradecimento por essa ótima entrevista. Ficamos fã!!

01 - Suzana, sua última personagem em Araguaia, Janaína tinha uma sedução natural, sem artifícios. Já sua próxima personagem em Fina Estampa, será uma jornalista de moda num tom mais sofisticado. Para você que tipo provoca mais os homens e por que? Eu acredito que os dois tipos provoquem os homens. A “Janaína”, de Araguaia, trazia uma sedução mais misteriosa, de uma mulher que se guarda e também guarda uma grande dor. Já a “Marcela”, de Fina Estampa, é uma mulher do mundo, cosmopolita, que traz uma sedução perigosa; o que também atrai os homens. Eu não acredito que a sedução seja feita unicamente através do aspecto físico. Acredito que a sedução esteja diretamente relacionada ao que trazemos dentro de nós e que se revela nas atitudes e no olhar.

02 - Falando em mulheres que provocam os homens... Como se sair bem com aquele tipo de mulher que adora jogar o charme, mas que não sai do pedestal? Esse tipo de mulher e também de homem é de dar preguiça! Esse charme que não leva nada a lugar algum é vazio porque é voltado para si. Pedestal não é um bom lugar para se estar se você deseja conquistar um homem. O ideal é descer um degrauzinho do pedestal... e depois subir de novo! (risos)

03 - Você passa uma imagem de mulher segura de sí e bem resolvida, e ao mesmo tempo uma sensualidade natural. Isso tudo já assustou aos homens? Como não se intimidar diante de uma mulher assim? De início, eu sou sempre assustadora! Acho que por causa do meu senso de humor, da minha voz grave...enfim, eu sei que não sou uma princesinha. Nunca fui. Então eu sempre preciso abrir espaço se eu noto que tem algum homem interessado em mim e que me interesse também. Eles nunca sabem como chegar em mim. Geralmente os engraçados sabem.

04 - Em geral as mulheres estão mais independentes e vão à caça, paqueram e até curtem uma transa de uma noite apenas. Você acha que isso está deixando os homens inseguros do seu papel acostumados a serem os caçadores e virando a caça? Eu gosto de me sentir caçada.  O jogo da caça e do caçador me estimula. Não curto trocar esses papéis. O único lugar em que sou “caçadora” e ativa (não sexualmente, óbvio!) é na conquista da minha vida profissional, mas na conquista de um amor é outro jogo. 

05 - Qual o pior deslize que um homem não deve cometer na cama? E qual a atenção digna de elogios? Maior deslize é o cara te seduzir, te caçar e na hora H te chamar por outro nome. Isso nunca me aconteceu, mas deve ser terrível! E o que é digno de elogios é tudo aquilo que flui, que rola bem, naturalmente.

06 - Gato por lebre: é pior mentir sobre ter filhos de outro relacionamento, sobre a conta bancária, o desempenho na cama ou que o interesse era puramente sexual? Comprar gato por lebre, infelizmente, é algo comum. Resta saber se você vai querer ficar com a lebre porque na hora da sedução todo o mundo é “gato”, mesmo que não minta, mas existe uma autopromoção de leve. Na vida real, no cotidiano, somos reais, ou seja: lebres!

07 - Como é pra você: - um homem de atitude, - um homem inconveniente, - um homem charmoso, - um homem romântico.
Um homem de atitude é aquele que te olha na medida certa entre o desejo sexual e o desejo de te conhecer. E chega bem. Sabe chegar sem assustar, mas com uma energia que “promete”... (risos) O homem inconveniente é aquele que já tentou algo, você cortou e ele insiste. Geralmente te abraça pegando na sua cintura. Uó esse tipo! Um homem charmoso é aquele que vai chegando, puxando assunto, você nem percebe que está sendo envolvida e quando vê...  tá pelada e se perguntando: como eu vim parar aqui???? (risos) Um homem romântico é aquele que sempre faz uma surpresa, algo que te deixa desconcertada e toda agradecida... o romântico pode até ser feio, mas você acaba beijando. Por educação, né? (risos) 

E tem também o cafa-romântico que é um tipo ridículo que faz muita firula: flores, telefonemas, jantares, é tudo muito! Uma mulher pode se deixar  impressionar, mas se  olhar bem para a situação verá que não há verdade, só um malabarista egocêntrico que com certeza não tem pegada e "algo" bem pequeno! (risos) E tem o homem perfeito: aquele que tem todos os defeitos do mundo, mas que você ama. Esse é o homem mais do que perfeito! 

08 - Que qualidades você inveja dos homens, e qual qualidade feminina os homens deveriam ter? Eu invejo a objetividade masculina. Com eles não têm sub-texto. Eu queria ser mais assim. Ao mesmo tempo, gostaria que os homens tivessem mais sensibilidade para “ler” nossos sub-textos, nossas entrelinhas. O que os homens ainda não sabem sobre nós mulheres? As entrelinhas!!!! Aquilo que está por trás do que estamos dizendo. Se eles soubessem essa linguagem conquistariam todas as mulheres do mundo!

Texto: André Porto
Fotos: Marcelo Faustini
Agradecimento: Fabiana Gomes - GMP Assessoria de Imprensa
Agradecimento especial a Suzana Pires

Acompanhe a MENSCH também pelo Twitter: @RevMensch
e baixe (grátis) para o iPad na App Store.

________________________________________________________________________________


A bela morena Ildi Silva tem um jeito discreto e delicado que encanta os marmanjos que vez ou outra dão uma conferida numa novela ou numa revista de moda só pra admirar a beleza dessa baiana. Com um pouco de timidez, mas não menos encantadora, Ildi respondeu as nossas oito perguntas sobre o universo masculino. Confira as respostas e babe nas belas fotos. Obrigado Ildi, você nos encanta!

01 - Em 2003 você esteve entre as 25 mulheres mais sexy do Brasil. O que deve fazer de você uma mulher sexy aos olhos masculinos?Não sei... (risos) Acho que a minha espontaneidade.


02 - E o que torna um homem interessante pra você?Personalidade e gentileza


03 - O que vale fazer por amor e o que pode ser considerado insensatez?
Acho que no amor não tem uma medida exata. O que pode ser considerado insensatez pra mim pode não ser para o outro.



04 - Quando sexo sem amor vale a pena?
Eu acho que uma das melhores coisas do mundo é o sexo quando está junto com o amor. Agora, vai de cada pessoa, não é?



05 - O que as mulheres preferem o romântico que não tem pegada ou um cara de boa pegada, mas insensível ao romantismo feminino?
Acho que as mulheres preferem quando tem boa pegada, mas que também seja romântico.

06 - Em Insensato Coração você fez o papel de uma mulher casada que, apesar de ter tentado, não resistiu às investidas do personagem André. Um homem bom de papo consegue vencer pelo cansaço mesmo a mais resistente das mulheres?
Não concordo.

07 - Barriga tanquinho ou um homem que manda flores?
Sem dúvidas o homem q manda flores.

08 - Agora uma dica para os nossos leitores, onde os homens erram e acertam na conquista das mulheres?
Acho que acertam quando são eles mesmos, verdadeiros. Não ficam tentando ser alguém que não são.



Texto: André Porto e Nadezhda Bezerra
Fotos: Fernando Torquatto
Agradecimendos: Bruna Brandão - Destaque Estratégia de Imagem
Agradecimento especial a Ildi Silva

Acompanhe a MENSCH também pelo Twitter: @RevMensch
E baixe no iPad, é grátis: http://goo.gl/Ta1Qb

_______________________________________________________________________________________________________

Um dos maiores símbolos sexuais do final dos anos 90, que costumava deixar muito homem com cara de bobo, Sheila Mello hoje em dia direcionou sua carreira para novos horizontes, mas jamais sem perder a simpatia e o rebolado que lhe são característicos. Atuou em algumas peças de teatro e programas de TV, e terminou indo morar numa fazendo quando aceitou participar do reality show, A Fazenda. Programa esse que mudaria mais uma vez o seu rumo, pois foi lá que conheceu seu parceiro e marido, o atleta Fernando Scherer. É ao lado de Fernando que hoje Sheila constrói uma vida conjugal e descobre os dois lados da vida a dois num casamento. Sem muita enrrolação e sempre muito franca Sheila respondeu nossas oito perguntas sobre o universo masculino e entrega logo que "um carinho transforma qualquer leoa em gatinha mansa!". Simples assim. Assim como a doce e bela Sheila Mello de sempre.

01 - Que atitudes o homem comete que faz Sheila Mello perder o rebolado? Espero não perder o rebolado nunca! Mas me tira o fôlego, quanto sinto que sou realmente importante para a pessoa.

02 - O Fernando Scherer penou muito para conquistar sua confiança e te passar segurança? O que ele fez de especial que te fez investir na relação? Não acho que penou, pelo contrário, em pouco tempo nós estávamos muito conectados, estar num reality show ajudou a esta entrega, ali precisávamos um do outro e eu achei o Fernando muito corajoso em assumir seu sentimento, ele tinha tanto carinho e cuidado comigo que não foi difícil investir na relação.

03 - Qual a melhor forma para um homem sair de um relacionamento? Essa história de "vamos dar um tempo!" funciona? Não odeio covardia, pode até doer, mas a verdade é a melhor opção. 

04 - As mulheres reclamam que homem não presta atenção em lingerie nova e não se ligam em usar uma cueca pra agradar a elas. Como, nós homens, devemos agir para agradá-las? Não podemos generalizar, o meu homem adora e tenho certeza que muitos outros também! O que eu acredito é que uma relação precisa ser cuidada com disciplina, ligar o automático e a TV não ajuda nada! Mulher gosta de se sentir como rainha, elogio e reconhecimento, acreditam que seja um bom caminho

05 - Muitos homens no início da relação se mostram cultos, descolados e tolerantes, com o passar do tempo na relação (ou casamento) eles se acomodam. O que devemos fazer para evitar isso e manter a relação sempre interessante pros dois lados? Bom eu ainda estou no “início” e tenho medo da tão falada rotina por isso eu e o Fernando sempre conversamos sobre como as coisas estão indo, acho imprescindível você saber das necessidades do seu parceiro, a relação tem que ter boa comunicação

06 - Mulher em geral gosta de freqüentar Sex Shops com as amigas, mas às vezes se inibe de confessar ao homem que curte esses brinquedinhos. Como o homem deve agir para tornar a coisa mais natural? Primeiro a mulher precisa ter coragem de surpreender o homem, e se caso estivermos falando para algum homem que tenha receio sobre o assunto. Mas calma que só tirará proveito da situação. Os dois saem ganhando.

07 - Quando você era solteira, o fato de você ser uma dançarina afastava homens que não sabiam dançar? Qual o grau de importância em um homem saber dançar? Que dicas você daria a esses homens travados para a dança? Se afastasse realmente não me casaria com o Fernando (risos). Ele pode ser milhares de coisas, só não pé de valsa. Todos têm seus pontos fortes e fragilidades. Minha dica para uma iniciação na dança seria um bom vinho e uma boa música!

08 - Muita gente fala das dificuldades da vida a dois, como driblar essas crises e dificuldades? Dividir o mesmo teto. É saber negociar, são universos e desejos diferentes, nada de querer tornar o outro perfeitinho e esperar que pensem e ajam da mesma forma que você. Temos que aprender a arte da comunicação.

Entrevista: André Porto
Fotos: Edu Moraes
Agradecimento: Sheila Mello e Fernando Scherer

_____________________________________________________________________________________________________________________________________________


Ela já foi boazinha e mázinha nas novelas, encantou a todos como Dona Flor e agora vive uma mulher atormentada pela sogra na novela “Morde & Assopra”. Em comum em todas as personagens o jeito naturalmente sensual que já é uma marca da atriz Carol Castro. Atriz de tantos papéis e romances de novela, agora vive seu romance real de uma mulher casada como qualquer outra. O que Carol traz de seus personagens é o jeito direto em responder questões básicas de quando se trata do relacionamento homem x mulher. O que ainda não sabemos sobre elas? Segundo Carol "Que somos fortes e sensíveis ao mesmo tempo."

01 – Como Dona Flor você viveu uma mulher dividida entre dois amores com perfil bem distintos. O que faz mais sucessos com as mulheres, um tipo Vadinho, safado e sacana; ou o comportadinho e romântico como Teodoro?
O ideal é encontrar um homem que tenha uma metade Vadinho e outra Teodoro! O equilíbrio é o que as mulheres querem...

02 – Linda, sexy e talentosa, você é desejada por milhares de homens, mas somente um levou você para o altar, o seu marido Marco Bravo. O que ele fez de especial para te ganhar?
Ele é maravilhoso. Carinhoso, companheiro e verdadeiro. 

03 – O que uma mulher procura em um homem quando quer um relacionamento sério?
As qualidades acima!

04 – Hoje em dia muitas mulheres culpam a TPM para certas reações delas. Qual a melhor forma de lidar com isso? O que os homens devem fazer para enfrentar uma mulher de TPM?
Acompanhar a folhinha... (risos) saber que em tais dias ela fica mais sensível, em outros irritada... E ter paciência. Falar manso nesses momentos também ajuda.

05 – Conquistar ou ser conquistada? Qual o desejo da mulher do século XXI?
Eu sempre fui à moda antiga. Prefiro ser conquistada.

06 – Quais os maiores erros que um homem não pode cometer ao tentar conquistar uma mulher?
Não ser ele mesmo. Mentir. 

07 – Alguns homens logo que conhecem uma mulher já assumem postura de namoro sério em poucas semanas, e pouco mais de um mês terminam o relacionamento. Qual seria o melhor caminho num início de relacionamento?
Conversa franca. Fundamental no inicio. Deixar claro o que sente.

08 – Ciúme faz bem para o ego de uma mulher? Até que ponto o ciúme é aceito?
 Acredito que sim. Mas sem exageros.


Foto: Rodrigo Lopes (cor) e Bruna Brandão (p&b)
Texto: André Porto e Nadezhda Bezerra
Agradecimentos: Bruna Brandão - Destaque Estratégia de Imagem
Agradecimento especial a Carol Castro


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Nem o gênio forte da personagem Maysa e nem a subserviência da Felícia, a bela atriz Larissa Maciel, que interpretou ambas as personagens, sabe bem que o equilíbrio entre os dois lados é a receita ideal para, digamos chegar ao sucesso em uma relação. Além, claro, de muita cumplicidade. Larissa nos falou sobre paquera, casamento, traição e do quanto é importante um homem que faça a mulher sorrir: "Toda mulher gosta de um homem que a faça rir, que seja espirituoso, bem humorado, divertido. Não significa que o cara tenha que ser engraçado o tempo todo, isso também cansa, (risos)! Mas saber fazer a gente rir, vale muitos pontos!" Confira o que nossa querida estrela nos confidenciou...

01 – Existe um abismo de diferenças entre as personagens Maysa (da minissérie da Globo) e Felícia (de Passione), uma mais atirada e ativa, outra mais reclusa e passiva. Em sua opinião qual das duas agrada mais um homem? E por que? Depende do homem... A personalidade forte, a força para ir atrás dos seus sonhos profissionais, a independência são características que atraem um tipo de homem. A passividade, a subserviência, a vocação para cuidar da casa, da família, outro. Mas estamos falando de duas personalidades que são completamente opostas. Na minha opinião o que agrada a maioria dos homens hoje em dia, é uma mistura dessas duas mulheres.
02 - O que seu marido precisou fazer para conquistar Larissa Maciel? Ah, o André é o homem da minha vida! Ele fez tudo certo, encontrei nele todas as características que eu procurava num homem. Antes dele eu nem queria pensar em namorar sério com alguém. Mas bastou conhecê-lo para isso mudar. Quando esse tipo de encontro acontece, tudo encaixa!
03 - Às vezes uma mulher bonita, segura e inteligente, termina afastando os homens. Que dicas você daria aos homens para evitar isso? Como não se intimidar diante de uma mulher assim? Se uma mulher bonita, segura e inteligente intimida um homem, ele deve procurar outro perfil de mulher. Uma mulher assim só serve para um homem que admire essas características, que sinta-se completado por esse perfil e não intimidado.
04 – Uma forma da relação entre homens e mulheres ser mais harmoniosa seria o homem ser mais sensível e a mulher mais racional? Uma relação será harmoniosa quando as pessoas envolvidas se completarem, sem que uma queira mudar a outra. Pequenos ajustes são possíveis e devem ser feitos, mas querer que o outro adquira características que não possui, vai gerar conflito na certa. Mas eu vejo como um caminho natural, até de evolução mesmo, que os homens cada vez mais não tenham medo de mostrarem-se sensíveis e as mulheres aprendam a ser mais racionais.

05 – O homem que propõe sexo de cara está mais sujeito a levar um fora, mesmo em tempos modernos? Se o cara chegar e propor isso nos primeiros cinco minutos vai levar um fora certamente (risos). Mas acho que atualmente a maioria das mulheres não tem mais esse ideal romântico com relação ao sexo. Acho que isso só acontece quando os dois têm a mesma sensação: que não existe chance de virar algo mais sério. Aí é só uma diversão. Quando se quer algo mais, se prolonga o ritual de sedução, de conquista, que afinal é uma das melhores partes...
06 – O que toda mulher (em geral) espera do homem durante um relacionamento e quando ele termina? Quais as melhores atitudes nessas horas? Em geral toda mulher quer um homem que seja companheiro, amigo, bom amante, e que tenha os mesmos projetos de vida. Todas queremos alguém que sonhe junto conosco, que seja confiável e que nos faça feliz! Quando o relacionamento termina, que não se perca o respeito e que a lembrança dos bons momentos seja maior que as mágoas. Se houver a possibilidade de manter uma amizade é ótimo, mas se não, o melhor é se afastar.
07 - A traição é o fim de um relacionamento? Mais grave que a traição é a perda da confiança que vem com ela. Quando você está com alguém confia que aquela pessoa não vai partir seu coração. Se ela fizer isso não vai ter volta. E isso pode acontecer por outras razões que não só uma traição. Por isso o respeito é tão importante. Você tem que respeitar a pessoa que está com você acima de tudo. Respeitar a pessoa e os sentimentos dela por você. A falta de respeito mata de vez um relacionamento.
08 – O que é muito característico do universo feminino que os homens ainda não conseguiram entender? Que a gente conversa por entrelinhas enquanto vocês homens por manchetes. Por isso muitas vezes falta entendimento entre os casais. Para mulher está claríssimo o que ela quer dizer, ela já deixou subentendido várias vezes, mas o homem ainda não entendeu. Aí ela se frustra porque o cara não percebeu o que ela queria dizer, ou não leu as entrelinhas... No meu caso, eu aprendi a ser bem clara, e a entender quando o meu marido não capta onde eu quero chegar. Mas fica a dica: preste sempre atenção nas entrelinhas!

Foto: Marbá
Texto: André Porto e Nadezhda Bezerra
Agradecimentos: Bruna Brandão - Destaque Estratégia de Imagem
Agradecimento especial a Larissa Maciel


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------



Uma mulher quando encanta pela beleza e pelo fato de ser articulada, inteligente e sempre com a resposta na ponta da língua pode até assustar alguns homens. Alguns eu disse, pois a maioria tem mais é que travar diante de tal ser uma batalha pra lá de deliciosa onde ambos sairão vencedores. Uma mulher como essa é o que podemos encontrar ao nos deparar com a repórter, do programa TV FamaMônica Apor e seu inseparável microfone. Sempre sorridente, a bela loira de olhos claros está sempre pronta para a constatação que mulher pode sim ser liberal, mas sem perder a linha e manter a classe. Mônica tem sempre ótimas sacadas e não se intimida diante de questões do universo masculino. Foi por essa razão que convidamos Mônica para esse papo rápido e de assuntos polêmicos como traição, sexo e conquistas. Mônica como sempre, não titubeou e respondeu alí, do jeito que gostamos de ouvir. Não se intimide, ela é incrível! Boa leitura!

01 - Mônica, o que faz de um homem um "matador"?
Boa pergunta! Depende do sentido do 'matador' (risos)... Esta é sempre a pergunta final que faço na minha coluna 'Matadoras' na VIP... Até agora não cheguei numa conclusão... (risos)...

02 - Qual o pior deslize que um homem não deve cometer na cama? E qual a atenção digna de elogios?
Trocar o nome da mulher! Qualquer tipo de atenção, de carinho, muitos elogios, são sempre muito bem vindo para nós mulheres, principalmente quando estamos 'naqueles dias'...

03 - Como o homem deve dizer que a relação é só sexual? Ou isso nunca deve ser dito diretamente? O que você acha?
Acho que não precisa dizer a mulher sempre acaba percebendo, mesmo que muitas vezes um pouco tarde, quando ela já está envolvida emocionalmente... E aí cabe a mulher querer levar a aventura adiante ou não. Agora tem também o outro lado que pouco se fala, talvez por um 'falso moralismo': se o homem quer só “comer”, porque a mulher também não pode querer só “dar”?!?!

04 - Traição tem perdão? Ou o que os olhos não vêem o coração não sente?
Depende da traição. O que é traição? Sentir desejo por outra pessoa é traição? Ter contato com ex sem o (a) atual saber é traição? Transar pensando em outro(a) é traição? Essa questão é muito complexa! Quem ama perdoa, mas ao mesmo tempo quem ama não trai! E agora?!? (risos)

05 - Uma questão debatida aqui na seção "Crônicas e Indagações Femininas", é se a lingerie feminina é algo que interessa mais às mulheres que aos homens e se mulher observa a cueca do cara ou quer vê-lo logo sem ela. Como você vê isso?
Acho que tanto a lingerie quanto a cueca fazem parte das preliminares! É muito mais interessante ter algo para tirar... E tanto os homens quanto as mulheres se ligam nisso sim! Não estou dizendo que a mulher tem que estar sempre de cinta-liga, fantasias, pompons e afins, mas pô, uma calcinha bonitinha, com um sutiã bacana, toda cheirosinha, que homem resiste? O acontece é que a mulher não pode perder a feminilidade e o tesão, ficar tímida depois que tira a lingerie porque aí sim o 'kit' não terá feito nenhuma diferença! Aliás, faz o efeito contrário! (risos)... Quanto aos homens é mais simples, uma cueca básica preta ou branca não tem erro! Na minha humilde opinião só não vale usar (leia-se: é broxante!): cueca furada, vermelha ou cor de 'burro quando foge' e cavada! 

06 - Você que trabalha como repórter no meio das celebridades, já recebeu alguma cantada infalível? Qual seria uma cantada infalível? Existe?
Já recebi cantadas, infalíveis não! A cantada só é infalível se a mulher quiser. A cantada pode ser péssima, mas se a mulher estiver a fim, ela vai em frente independente da cantada furada! Agora se ela não estiver a fim, o cara pode ser um poeta, um ator, que não vai colar. O homem precisa ser infalível, não a cantada!

07 - O que os homens ainda não sabem, ou teimam em não saber, sobre as mulheres?
A gente ama que, ao acordar, ele diga: como você é linda! (tipo, e a gente de cara lavada e toda amassada!); uma mensagenzinha fofa no celular nunca é demais! Mesmo que vocês tenham ficado juntos o dia todo! Quando a esposa/namorada/ficante passar o dia todo no cabeleireiro e sair com você depois à noite, elogie, diga que ela é a mulher mais linda do mundo, mesmo que você não tenha notado nenhuma diferença... Isso vai fazer toda diferença na sua noite...

08 - Qual a receita perfeita de um primeiro encontro inesquecível?
Não ter receita! As coisas precisam rolar naturalmente! Sem fórmulas! Muitas vezes deslizes ou gafes que rolam num 1o encontro acabam virando o diferencial para que ela seja inesquecível.


Texto: André Porto
Fotos: Angelo Pastorello
Agradecimentos: Patrícia Alves
Papiro Comunicacao- Coordenadora de Redação
Agradecimento especial a querida Mônica Apor - Twitter: @moapor



---------------------------------------------------------------------------------------------------------


Uma "querida", talvez essa palavra resuma tudo que a atriz Daniele Valente é para quem tem o prazer de conhece-la ao vivo, seja por questões de trabalho ou não. Sempre sorridente, foi assim que Dani, para os mais íntimos (e nós da MENSCH já nos sentimos íntimos. rs), fez sua estréia na TV em "Confissões de Adolescentes" e de lá pra cá não parou mais, pelo contrário, só nos deu mais motivos para rir e ficar babando pelos seus personagens leves, alto-astral e sempre divertidos. Dani já passou pelos principais humorísticos da Globo, como "Escolinha do Professor Raimundo", "Zorra Total" e "Os Normais", e sempre ganhando mais fãs e chamando atenção. Tanto que chamou atenção do seu atual marido, o ator e apresentador, Christiano Cochrane, e em breve irá encarar seu mais novo papel, o de mãe. E foi com essa descontração e bom humor que a bela Daniele Valente nos recebeu para responder a essas oito perguntinhas. A Dani o nosso muito obrigado, a vocês, boa leitura. Essa garota é uma querida!

01 – O que torna um homem sexy aos olhos das mulheres? Que dicas você daria ao leitor de MENSCH? 
Um homem inteligente sabe o que falar e como tratar uma mulher. A dica que dou para os homens? Não esqueçam o cavalheirismo! Meu marido abre a porta do carro pra mim sempre, até quando vamos ao supermercado com pressa!

02 – O que o seu marido, o Christiano Crochane, fez pra te conquistar? Você recomendaria para outros homens interessados em conquistar uma mulher?
Ele teve atitude. Nos conhecemos numa festa e quando ia embora ele falou: Fica! Vai embora não! Ele falou com tanta segurança que resolvi ficar pra ver que sujeito era aquele. (risos) Mulher ama homem que tem atitude!

03 – Mulher bonita, inteligente, independente e bem resolvida assusta ou atrai os homens?
Assusta! Por isso uma das dicas que dou no twitter para arranjar namorado é NUNCA mostrar que você é mais inteligente do que ele! Modéstia é fundamental!

04 – Você daria em cima de um cara que estivesse interessada ou ficaria esperando ele tomar a iniciativa?
Eu nunca dei em cima de ninguém, mas já facilitei o acesso! O homem precisa tomar a iniciativa e a mulher tem só que dar a chance dele mostrar ATITUDE!

05 – O mundo mudou mesmo ou no fundo as mulheres continuam buscando o príncipe encantado pelo qual largariam carreira e sucesso?
Nunca largaria a carreira por ninguém. Não seria saudável para  a relação. E já imaginou uma mulher o dia inteirinho dentro de casa? Não vai ter jeito, uma hora ela vai começar a encher o saco do marido! Os homens tem mais é que torcer para a mulher trabalhar fora, principalmente nos dias da TPM. Deixa ela descontar no chefe!

06 - Daniele, que características são mais importantes num homem (pela ordem de importância): o humor, a inteligência, a pegada ou o tipo físico?
A inteligência, a pegada, o humor e o tipo físico. Nessa ordem.

07 - Como entender uma mulher quando ela diz um "sim" que quer dizer um "não" ou um "não" que quer dizer um "sim"? Tem como o homem sacar a diferença? (risos)
Pelo tom de voz. A mulher é mais complexa por uma série de coisas, os homens são mais objetivos. O que o homem fala é exatamente aquilo. Quando o homem entende e aceita que a mulher é um ser diferente ele consegue perceber as nuances.

08 - O que os homens ainda não sabem (ou teimam em não saber) sobre as mulheres?
Não sabem ou não querem reconhecer que nós mulheres temos muitos hormônios que nos deixam loucas e que somos capazes de executar várias tarefas ao mesmo tempo. Que procuramos ser a melhor esposa, a melhor mãe, a melhor filha, a melhor profissional, a melhor amiga, dona de casa e ainda fazemos de tudo para sermos lindas, perfumadas e gostosas! Ficamos exaustas com tanta cobrança dos outros e principalmente de nós mesmas e tudo isso passa com um simples elogio, uma flor e um carinho.

Agradecimento:
Bia Serra - Montenegro e Raman


----------------------------------------------------------------------------------------------------


Uma mulher inteligente e bonita pode até espantar alguns homens que num momento de insegurança ficam desnorteados diante de tal mulher. Ainda mais quando essa mulher pode ser uma fera. Estamos falando da bela atriz Cristiana Oliveira, a eterna Juma Marruá, de "Pantanal", que nessas 8 respostas se mostra forte e decidida, porém dócil. Para Krika, como é chamada pelos amigos mais próximos (e nós de metidos que somos), o homem não precisa ter grana, se preocupar com idade ou classe social, mas tem que ser carinhoso, gentil e saber ter um bom papo. Depois de alguns papéis marcantes, em breve voltaremos a ver Krika na TV com a estréia da novela "Insensato Coração" na Globo. É aguardar e se deixar seduzir por essa mulher marcante. Enquanto isso, confira as respostas de Krika que nos recebeu com simplicidade e simpatia:

01 - Cristiana, a Juma de Pantanal, um de seus grandes sucessos, enfeitiçou a macharada de plantão. Qual a razão de tamanha sedução do personagem?
Na época juro, sem demagogia, nem me tocava com isso... A personagem era tão natural, o ambiente, o lugar, tudo era tão absolutamente natural e selvagem, que eu me integrava. Não tinha vaidade, não me preocupava com nada, só em dar vida aquela mulher tão linda e ingênua que era a Juma. O fato de ter tido nu total, uma novidade na TV. Mexeu muito com a libido masculina.

02 - E o que você acha que atrai mais uma mulher num homem? Um cara rude desperta os instintos femininos também ou isso só funciona na ficção?
Tá cheio de “Mulher de malandro” por ai... Deve ter algum atrativo né? Eu gosto de HOMEM, com atitude de homem, sem machismos ou palhaçada de agressão. Mas firme nas suas atitudes, decisões, que sabe o que quer.

03 - Para você a diferença de idade e/ou a diferença social seriam uma barreira para um futuro envolvimento?
Claro que não. Já tive namorados mais novos e que tinham uma situação financeira menos favorecida que a minha. O problema não fui eu. Foram eles que não aceitavam a minha condição e sentiam-se diminuídos por isso. Mas sempre tive respeito, consideração e o que me importa é o sentimento. Hoje em dia é normal mulheres mais velhas terem namorados mais novos. Se são felizes...

04 - Recentemente num de nossos textos na seção “Crônica e Indagações Femininas", o texto relatava a necessidade que as mulheres têm de dar nome a que tipo de relação estaria tendo. Como você acha que o homem deve conduzir essa situação e dizer que é apenas sexo e diversão?
Já que alguns temem em afastar a mulher contando claramente a verdade. A mulher, naturalmente, encara a relação diferentemente do homem. Pra ele sexo e diversão sempre estiveram atrelados, sem culpa, por uma questão cultural e também por que somos biopiscologicamente diferentes. O homem quer quantidade, mulher qualidade. Mulher, no íntimo, busca amor, paixão, quer sentir-se especial de alguma forma. Hoje em dia, nesta geração, talvez as mulheres lidem melhor com uma relação sexual, apenas sexual. Eu não sei. Pra eu ter alguma relação com alguém, tem que ser mutuo. Se não for, vira logo amigo. Transar por transar, não consigo. Sou antiga. Não me sentiria bem em ter uma relação só por diversão. Mas isso sou eu. Existem mulheres que se divertem tanto quanto os homens nesse sentido, mas a sociedade ainda não aceita essa atitude, os próprios homens se assustam. Acho que eles devem ser educados, respeitosos e dizer que estão num momento delicado, que não querem envolvimento, mas que ela é especial pra ele de alguma forma. Se ela aceitar esta condição ok. Mas se ela aceita, e depois fica cobrando dele atitude de namorado, ai é melhor abrir mão. Ela não está preparada pra este tipo de relação. Procura outra mulher que aceite conscientemente.

05 - O que um homem deve fazer na hora da conquista? Quais os principais pontos?
O olhar, atitude respeitosa, gentileza, bom papo, nada de cantada babaca...

06 - Como você vê essa mulher atual que está independente até na hora da conquista, indo à caça do homem, abrindo o jogo, indo direto e muitas vezes surpreendendo o homem? Você acha que é uma mistura de feminismo e machismo de forma desorganizada?
Acredito que sim... Conquistar o cara eu não vejo problema nenhum... Mas tem que ir com calma, a questão do machismo é milenar, tem que ser inteligente... Sutil, charmosa, segura sem arrogância, e não precisa querer ser igual ao homem. Isso é bobagem, podemos estar num mesmo patamar do que o homem, mas não precisamos agir feito eles...

07 - O que os homens ainda não sabem, ou teimam em não saber, sobre as mulheres?
Mulher gosta de se sentir amada, valorizada, respeitada. Agora eu estou falando de MULHERES de verdade; não de mulheres que se vulgarizam, se desrespeitam, se vendem a um preço barato, que são escravas “midiáticas”, que não querem crescer e sim arrumar um marido rico para bancá-la. Sou a favor da mulher que corre atrás, que tem sua independência financeira, que busca sua auto-estima, e que, se encontrar um homem por ai, gostar dele pelo que ele é; o cara pode ser rico, pobre, feio bonito; não vai fazer diferença.

08 - A TPM virou desculpa pra muita coisa? Como os homens devem lidar com isso para não deixar a mulher virar uma fera?
Ihhhhhhhhhh... Tocou num assunto complicado. Esses hormônios. A gente fica sem rumo. Mulher não sabe o que quer neste período. Fica carente e agressiva ao mesmo tempo. Coitados dos maridos, namorados... não da pra entender mesmo. No meu caso, me deixa quieta, mas de vez em quando aparece na janelinha e diz: Êi! Te amo, viu? Você é linda! (risos)


-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Como sempre, um dos assuntos que mais gostamos de debater é esse eterno universo de múltiplas escolhas que é o relacionamento homem e mulher, e mais ainda, a cabeça de nossas queridas mulheres. Para fazer a estréia dessa nova seção convidamos uma mulher que ao mesmo tempo é linda, delicada, é uma mulher forte e inteligente, a atriz Regiane Alves. Estrela de diversas novelas de sucesso, como "Mulheres Apaixonadas", "Beleza Pura", e mais recentemente, "Tempos Modernos", Regiane se mostrou uma mulher simples, e acima de tudo, uma mulher como tantas outras, que requer atenção, carinho e boas doses de humor. Regiane respondeu às nossas 8 perguntas sempre com muita franqueza e acima de tudo, bom humor. A Regiane o nosso muito obrigado, e à todos, uma boa leitura.

01 - Regiane, você acha que o "homem ser de marte e as mulheres de Vênus", cria um abismo que ao mesmo que afasta pelas diferenças também aproxima pelas partes que se completam?
Creio que sim, acho que a aproximação se dá pela curiosidade sobre o que o outro pensa, quer ou deseja, e o abismo pela falta das respostas, acho que sempre haverá uma tentativa pelo segredo do outro.

02 - Em geral, depois de um tempo, as mulheres fazem uma discreta (ou não) pressão pros homens casarem logo. Como devemos ser sinceros sem estragar a relação?
Nem sempre, ultimamente as mulheres não querem muito se casar?(risos) Mas de qualquer forma quando você sente a vontade de dividir uma vida em comum, você tem que começar a falar da possibilidade de viver juntos, para depois saber aonde e como, para depois se casar, acho que tem que ser por partes. Sempre acreditei no diálogo, pois dessa forma você pode perceber o que a sua parceira quer e seguir adiante ou esperar um pouco mais.

03 - O que um homem precisa ter ou fazer para chamar sua atenção à  primeira vista? Meros desconhecidos já tiveram chance? Ser ele mesmo, sempre. Um olhar diferente também conta, pode ser sincero, misterioso, gentil, enfim para mim a forma como o homem me olha diz tudo para mim. Óbvio que meros desconhecidos tiveram chances? (risos)

04 - Qual a maior gentileza que um homem pode fazer a uma mulher?Cuidar dela quando ela está doente, sabe aquela gripe? Qualquer mulher faria a mesma coisa por um homem.

05 - Com essa liberação sexual feminina atual, você acha que as  mulheres preferem sexo com homens bonitos, endinheirados ou inteligentes? Para mim o que conta é a atitude de um homem, o caráter, se depois disso ele for bonito, endinheirado e inteligente melhor ainda. Mas prefiro os inteligentes do que os bonitos e por último os endinheirados.

06 - Quais as principais qualidades de um homem que as mulheres mais observam?A gentileza, a educação, o cuidado, o carinho e compreensão.

07 - Como sinalizar para a mulher que aquela é apenas uma noite, e não uma futura história de amor? Puxa que difícil. Será que é dizer antes de ir para a cama?!? Ou esperar o outro dia?! Acho que depende da forma que rola, e se for muito bom a cama? Vocês vão abrir mão do que é extremamente prazeroso?

08 - E o que os homens ainda não sabem (ou teimam em não saber) sobre as mulheres? Esse será um segredo eterno! Mas continuem tentando, nós mulheres adoramos saber que vocês sempre querem saber algo a mais de nós.


Fotos: Pino Gomes



---------------------------------------------------------------------------------------------------------------



 É inevitável não se impressionar com Carla Bruni. Muito bem nascida, tornou-se uma das modelos de maior sucesso do mundo, atriz, cantora e compositora de milhões de discos vendidos, largou tudo para se casar com o presidente da França, o sortudo Nicolas Sarcozy.
Impressionante como ela é bem sucedida em tudo o que faz; um colírio para os olhos e um presente para os ouvidos. Atualmente está dando os primeiros passos como atriz, sendo dirigida pelo mestre de Hollywood, Woody Allen, para o filme “Midnight in Paris”, uma comédia passada na Paris de 1920, que será lançada no próximo ano.

A Sra. Sarkozy nasceu na Itália em uma família milionária, do ramo petrolífero. Porém sua família mudou-se para a França, quando ela ainda tinha quatro anos de idade, por conta de uma onda terrorista que surgiu nos anos 70. Estudou por um longo período na Suíça e voltou para a França, aonde decidiu começar a carreira de modelo, porque, segundo ela, sentiu a necessidade de ter sua independência financeira, pois nunca achou que o dinheiro do seu pai lhe pertencesse. No ano de 1988, largou os estudos e se tornou uma das modelos mais bem pagas da sua época, juntamente com Claudia Schiffer, Naomi Campbell e Kate Moss, chegando a faturar cerca de oito milhões de dólares por temporada.

Em seguida, apaixonou-se pela música, assim, começou a compor e cantar musica para os amigos mais próximos, que um dia pediram para ela parar de perguntar se eram boas e tentar gravar um disco. Não demorou muito e ela trocou as passarelas pelo microfone, gravando seu primeiro CD, Quelqu'un m'a dit, lançado em 2002, que vendeu dois milhões de cópias. Carla surpreendeu-se, e confessou que achou esse sucesso repentino um milagre. Em seguida, vieram os álbuns, No Promisses, em 2006; e Comme Si De Rien N'Était, de 2008, que causou grande polêmica, pois algumas letras faziam alusão ao seu marido, o presidente da França, como “Tu Es Ma Came” , “Je Suis une Enfant” e “Ta Tienne e You Belong to me.Sem dúvida, o seu maior sucesso foi “Quelqu'un m'a dit”, elogiada pela crítica e número 1 de vendas pela gravadora Amazon. Àquela música que da vontade de levar pra uma ilha deserta, pena não poder levar a cantora junto. 
Largou o sucesso para se casar com Nicolas Sarcozy, aonde reforçou as visitas de Estado do marido, ganhando inclusive um gabinete para auxiliá-lo em algumas funções, se tornando sempre alvo de controvérsias. Enquanto, encontrava-se com a Rainha da Inglaterra, em uma visita de protocolo, foi surpreendida com a exposição de uma foto sua, completamente nua, em um leilão, o que chamou atenção de todos os tablóides sensacionalistas.
Hoje, Carla Bruni Sarcozi, trabalha na conscientização e proteção de famílias que se encontram com HIV e em estado de miséria, se tornou a Embaixadora do Fundo Global, porém, não ficou isenta de críticas pela Igreja Católica, quando o Papa Bento XVI, repudiou sua campanha contra a AIDS.
Recentemente se envolveu com o governo do Irã, impedindo que uma mulher fosse condenada a apedrejamento em praça pública: ”Seu rosto, seu cérebro, sua alma, tudo transformado em alvo de atiradores de pedra. Esta imagem aterrorizante que nos revolta pode virar realidade", escreveu Carla Bruni em carta aberta publicada no site do filósofo Bernard-Henri Lévy.
Depois dela a França não é mais a mesma. Apesar de ser sempre assunto para os mais conservadores, o que acaba gerando uma grande mídia, Carla Bruni, passou a ser considerada uma das mulheres mais admiradas do Mundo. Aguardaremos, então, seu próximo filme, histórias e investidas, pois, será sempre um prazer observá-la.



-----------------------------------------------------------------------------------------------



Essa semana um ensaio feito pela famosa revista masculina, GQ, da Espanha deu o que falar e colocou sua protagonista em todos os sites e jornais do mundo. A estrela da vez nas manchetes foi a modelo russa Irina Shayk de 24 anos, e namorada do craque português Cristiano Ronaldo. Isso tudo por conta das fotos em que aparece nua, que segundo a modelo a edição espanhola da "GQ" usou o Photoshop - programa de edição de imagens - para fazer parecer que ela estava nua em um ensaio para a revista. Irina, afirma que usava uma tanga cor da pele durante a sessão de fotos, que ocorreu há dois meses na localidade de Chinchón, na Espanha, sob as lentes do badalado fotógrafo Vicent Peters.


Segundo Irina ela não tinha sido consultada sobre o uso do programa para apagar sua calçinha em três das 14 fotos publicadas na revista. Segundo o agende de Irina não estava no contrato fotos de nudez, e estudam uma forma de processar a revista. Já segundo o diretor da publicação Javier Fernández Angulo, Irina tirou a roupa com naturalidade e que esse tipo de tanga usada é muito comum nesse tipo de foto para que as modelos não fiquem totalmente nuas e que ela sabia que a peça seria apagada.

Para ele, a modelo deve está chateada com o fato de a revista ter estampado a manchete "Você quer ver a namorada de Ronaldo pelada?" na capa da publicação. Uma das condições para fazer as fotos e dar a entrevista que saiu na revista era que não fosse perguntado nada sobre o jogador. Bem, com ou sem photoshop o importante é que Irina está lá lindamente nua e sensual nas páginas da GQ para felicidade da ala masculina no mundo todo. Mas muitos, principalmente aqui no Brasil, devem se perguntar quem é Irina Shayk?




Irina Shayk cresceu em num vilarejo russo tão pequeno que "não tinha sequer revistas de moda", segundo disse a própria Irina, o que significa dizer que uma carreira de modelo fotográfico praticamente era um sonho muito distante, sem grandes referências. Mas, graças a um anúncio que a mãe de Irina viu em uma parada de ônibus (em uma aldeia um pouco maior) foi o suficiente para rapidamente colocar em movimento a inevitável transição de estudante de marketing para o de modelo conceituada. Isso foi há seis anos, e desde então Irina atingiu um número impressionante de cair o queixo da Swimsuit spreads SI, e foi morar em New York City.

Em 2007, ela se tornou o rosto da marca de lingerie Intimissimi, aparecendo em companhias, catálogos e propagandas, assim como um comercial em 2009. Em 2010, Irina foi nomeada representante oficial da marca Intimissimi. No mesmo ano, ela também se tornou o rosto da marca Lacoste e da LaPerla.  Seu trabalho como modelo inclui dentre outros contratos incluem a Beach Bunny (2009), Advinha (2008-2009), e a Armani Exchange.

E tanto sucesso terminou chamando atenção do jogador português Cristiano Ronaldo. Ela não gosta de falar sobre seu relacionamento, mas confessa pelo menos, um segredo: "Eu não sou um fã de futebol, com certeza não.”



---------------------------------------------------------------------------------------------


O que parecia quase impossível se mostrou possível, pois após anos depois da morte de um dos maiores ícones do cinema mundial, Marilyn Monroe volta a chamar atenção por conta de uma seleção de quase 100 fotos inéditas da atriz. São fotos feitas pelo fotógrafo John Vachon para a revista "LOOK", durante uma interrupção das filmagens de "O rio das almas perdidas", em agosto de 1953, no Canadá. Foram publicadas apenas três delas no seu número de outubro daquele ano. As demais fotos ficaram "perdidas" ao longo desses anos até surgirem agora. O livro reúne todas essas fotos inéditas que é um verdadeiro desfrute para os fãs de Monroe e amantes do cinema. Pois Marilyn na época estava no auge de seu sucesso. Ela tinha acabado de completar mais um filme e estava noiva de lenda do beisebol Joe DiMaggio. Nessa época Marilyn tinha viajado para as Montanhas Rochosas canadenses e John foi atrás de capturar um lado diferente de Marilyn? Um lado que mostrasse uma "Marilyn real".






John fez mais de 100 fotos de Marilyn em sua melhor forma. As fotos deste livro são espetaculares. Ele conseguiu capturar momentos simples e íntimos da estrela como no que Marilyn de maiô de duas peças aparece de muletas ou em momentos de relaxamento. Essas fotos comprovam que Marilyn e a câmara fotográfica eram amigos íntimos. Afinal ela entendia a fotografia e de como tirar uma boa foto. Numa das fotos aparece justamente Marilyn fotografando o belo cenário das montanhas rochosas. Esse livro é composto apenas de fotos em P&B o que dá um charme todo especial à publicação. Ítem obrigatório em qualquer estante de livros de arte e fotografia.

Afinal, o mito Marilyn Monroe nunca morre.



--------------------------------------------------------------------------------------------

O que seria de nós homens sem as mulheres. Ainda mais sem a brilhante mente de algumas mulheres que além de bonitas são inteligentes, bem-humoradas e não tem "papas na língua"? Foi pensando nisso que a partir de agora a MENSCH contará com a apimentada participação de uma jornalista (e cronista) que é tudo isso que gostamos. Cuca Elias, conhecida de alguns leitores de conceituadas revistas masculinas, é a nossa mais nova colaboradora e terá duas novas seções em suas doces mãos. O "Cuca Elias, sem papas na língua", onde escreverá suas crônicas e pensamentos sobre esse misterioso (ou não) universo masculino e (feminino). E a outra seção será o "Cuca Responde", onde os leitores terão suas dúvidas e questões respondidas de forma descontraída e informativa, sempre sob o ponto de vista de quem conhece bem esse tipo de questão. Para sua estréia, fizemos oito perguntinhas básicas para conhecermos um pouco mais de Cuca Elias.

01 - Cuca, quando foi que você começou observar o universo masculino? Como começou seu trabalho?
Sempre gostei muito de revista masculina, comecei a comprar revista masculina para ler as entrevistas, ver os ensaios, sim os ensaios! Comprava Playboy, depois VIP, quando ainda era Exame VIP, comprava Interview, tudo que se relacionava a homem, eu gostava de saber o que o homem falava e achava sobre as mulheres, comecei a produzir, fui assistente é lógico, fiz várias coisas, até que fui trabalhar na revista Sexy de assistente de produção. Fiquei um tempinho, até que fiquei como produtora fixa de uma revista para o público masculino, mas dessa vez, gay. Não deixa de ser masculino né? Mas diferenciado e com gostos só um pouquinho diferente. Mas a moda era sempre a mesma. Sempre foi uma coisa de paixão mesmo, sempre quis trabalhar com este público, eles são mais fáceis de trabalhar, mais sinceros, diretos e muito mais divertidos.

02 - Por ter passado vários anos respondendo as perguntas dos leitores na VIP, você terminou aprendendo um pouco com eles? Houve uma troca de informações e experiências?
Olha pra te falar a verdade a única coisa que eu acho que aprendi o bastante com os leitores foi que macho que é macho já teve ou ainda vai ter uma bela brochada na vida e que isso é super, master absolutamente normal e faz parte de qualquer ser humano com testosterona. Fiquei amiga de alguns de conversar até hoje pelo MSN, ou pelo facebook. Sempre curti muito meus leitores, e por incrível que pareça, eu tinha muitas leitoras e muitos gays que amavam a minha coluna, eu conseguia agradar muita gente. Talvez por ter uma linguagem um tanto quanto diferenciada, que é o jeito que eu falo no meu dia a dia, nunca foi nada forçado, quem me conhece sabe bem como eu sou, essa coisa meio que traveca mesmo.

03 - Já aconteceu de você fica ser graça ao ter que responder alguma pergunta de leitor? E isso já aconteceu ao vivo em alguma paquera sua?
Opa! Lógico que já teve. E olha que eu não me assusto com quase nada... mas por receber sempre quase as mesmas perguntas, quase com o mesmo perfil de tema, essa meio que me assustou. O rapaz me perguntou se era normal ele ficar com vontade de sair com travesti. Pô! Eu respondi na maior sutileza “Cuquíssima” de ser, e a resposta, a pergunta, tudo foi gongado, meu diretor que não deixou passar nada, achou que aquilo não era pergunta para a revista... Talvez não fosse mesmo... Ah! Teve a chuva dourada também! Mas essa eu tirei de letra! Agora ao vivo, juro que não me lembro, faz tanto tempo que isso não acontece menino!

04 - Qual o erro mais comum de um homem, não conseguir colocar um ponto final numa relação desgastada ou no dia após uma noite de sexo não corresponder ao que se imaginou?
Noite de sexo pode se ter várias e várias e isso pode acontecer diversas vezes, agora ficar enrolando para gongar uma relação só faz mau para os dois lados, aliás só piora cada vez mais. Se a coisa tá ruim, pra ficar cagada, é tiro e queda. Pra que empurrar com a barriga uma coisa que não se consegue nem empurrar com a bunda não é mesmo? Tem que pensar que o ponto final nessa hora só vai fazer o bem para ambos, ir atrás da felicidade, ir atrás do tempo perdido, ir atrás do prejú, ir atrás da moça certa é o que tem que fazer agora. Passar a borracha, para não falar outra coisa e ponto final. Bola pra frente.

05 - Conheço muitas mulheres que dizem que preferem ter amigos homens do que amigas mulher? Por que isso é tão comum? De onde vem a fidelidade masculina nas relações de amizade e essa disputa velada (em muitos casos) entre as mulheres?
Ai é uma questão que tem que ser muuuuuito bem pensada. Eu já tive vários amigos homens. Eles são ótimos ouvintes, conselheiros amorosos, os melhores pinicos de todas as mulheres, mas aí que está a questão. Basta a gente estar tristonha, chateada com alguma coisa, ou até mesmo ter levado aquela gongada do nosso moço, vamos procurar quem, o no melhor amigo, que sabe tudo e mais um pouco da nossa vida, sabe do que gostamos e do que odiamos, sabe aonde está os nossos pontos mais fracos. Enfim sabe às vezes até mais que do que a gente, é aí que mora o perigo, na carência, o nosso melhor amigo, pode virar um ótimo PA.

Mas a pergunta nem é essa, é a fidelidade, a amizade entre homem e mulher. Como eu falei o homem, é um ótimo ouvinte e nunca vai disputar com você a vaga que é sua, nunca vai querer ser você, nem querer seu macho, o que é seu, é seu, e o que é dele é dele e ponto. Sempre vai haver essa divisão, diferente da mulher, que apesar de ser uma boa ouvinte (quase sempre), ela se incomoda em saber que a amiga é disputada numa roda de homens, que a amiga tem um corpo mais bonito que o dela, que a outra é melhor que ela por qualquer outro motivo, enfim existe uma disputa, uma inveja que não é do bem. Bem no fundinho, pode-se falar que não existe nada, mas alguma coisa tem. Por isso, várias mulheres preferem ter a presença de um macho do lado delas do que uma mulher, mesmo porque é bem mais gostoso, fala a verdade.

06 - Segundo o jornalista Xico Sá, em entrevista com a MENSCH, as mulheres hoje querem amores platônicos e fodas homéricas, querem tudo junto. Talvez seja por isso que elas terminam se perdendo nos relacionamentos? Não conseguem reconhecer que tipo de homem é para o que (em alguns casos).
Desculpe, mas não li essa entrevista, mas vou ler e depois responder. Super concordo com as fodas homéricas. Toda mulher quer ser bem comida, e muito bem comida, obrigada. Agora juntar a foda platônica com a foda homérica, aí a coisa fica pesada. Não dá certo mesmo. Prefiro ler a entrevista e depois responder, ok?

07 - Suas crônicas sempre se destacaram por serem bem-humoradas inteligentes e sacanas. É mais fácil escrever sobre o universo masculino ou feminino?
Sabia que nunca escrevi para o público que menstrua? É verdade! Morro de vontade, mas nunca escrevi! Teve uma época que eu respondia perguntas para mulheres também. Eu recebia muitos e-mails de mulheres também, sabia? Mas fui gongada, pois a revista que eu trabalhava era para o público masculino, mesmo tendo muita mulher lendo. Se fosse para escrever para mulher, não ia escrever coisinha bobinha, ia escrever como macho mesmo... Tipo: fica de olho nas funcionárias que seu marido contrata, pois ele deve ter comido ou deve estar de caso com alguma, caso ele chegue tarde, coisinhas que as mulheres tolinhas acham que os maridos são todos santinhos e ela levando chifre feito uma condenada, um monte de coisa que eu sei de cor e salteado que homem faz e que mulher acha que dá de cem a zero no marido e a coitada lá só levando corno, dá toques, disso e de um monte de coisinha bacana... Pra moça e pro moço também... tanta coisa que precisa ser falada ainda....

08 - O que os homens ainda não sabem (ou teimam em não saber) sobre as mulheres?
Mulher é um ser que gosta de carinho, gosta de beijo na boca, curte um abraço, se delicia com as preliminares, ama ganhar presentinhos, agradinhos, ama ser paparicada, se derrete com um elogio, pode ser qualquer um, adoram homens educados, que paguem as contas, que mandem flores, aquela gentileza. Essas coisas são alguns itens que eu acho que todo homem sabe ou deveria saber, mas vários ainda teimam em colocar na prática, esse que é o problema.


Lembrando que já está aberta a caixa postal para que você leitor mande suas dúvidas (seu e-mail e nome serão preservados). Escreva para revistamensch@gmail.com. Coloque no título do e-mail "Cuca Responde".



Nenhum comentário:

Postar um comentário