VER, LER, OUVIR

Aqui você vai encontrar nossas melhores matérias e dicas sobre o que ler, ver e ouvir. Ou seja, o que tem de mais legal em livros, filmes e música. Um espaço para ver videos de cantores clássicos e lançamentos, matérias sobre shows, os filmes que estão sendo lançados (e os mais legais da história), e a melhor leitura. Sua cabeça vai agradecer e funcionar melhor.

Ainda no clima do Rock in Rio, finalizamos setembro e já entramos em outubro embalados por muito rock. Nossa seleção musical desse mês vem com clássicos de ícones das guitarras, como o inesquecível disco do Nirvana que volta cheio de novidades, o próximo lançamento da badalada banda Coldplay e o nono disco de Lenny Kravitz. Clássicos também batem o ponto na nossa seleção de livros e DVDs, com a volta do filme Scarface e biografias do cinema com Martin Scorsese e Glauber Rocha, pelo clássico Nelson Motta. E ainda, no “homem na cozinha”, tem outro clássico do autor, e chef, americano Anthony Bourdain. Ah, já ia esquecendo... nossa dica teatral do mês é a peça da atriz Alexia Dechamps (nossa entrevistada em 5 perguntas) com “Filha, Mãe, Avó e Puta”. Divirta-se!
Ao Ponto - Anthony Bourdain é chef, escritor e apresentador de TV nos EUA, e conquistou popularidade imediata com Kitchen Confidential, seu livro de 2000 (best-seller da lista do New York Times); a obra mostra o lado oculto e obscuro do mundo da culinária, e é um livro de memórias de parte da vida pessoal e profissional de Bourdain. À primeira vista parece um encontro da máfia italiana. Os treze convidados sentam-se à mesa e aos poucos vão se reconhecendo. Estão ali grandes figuras do mundo culinário, chefs renomados que atenderam a um convite secreto e potencialmente ilegal. “Se um vazamento de gás explodisse o prédio? A alta gastronomia como a conhecemos seria extinta num único golpe.” Quem conta é Anthony Bourdain, prestes a experimentar uma iguaria quase mítica entre o panteão de cozinheiros. A iguaria em questão é o ortolan, um pequeno pássaro preparado inteiro, que os convidados comem com um guardanapo sobre a cabeça.
Que o ortolan seja ilegal na França e nos Estados Unidos não parece incomodar Bourdain. E, com a mesma desenvoltura que ele participa desse banquete de dignitários, também circula de lambreta por Hanói atrás da sopa pho perfeita, come espetinhos com trabalhadores em Tóquio e bebe todas num carrinho de tacos no México. Dez anos depois do best-seller “Cozinha confidencial”, livro de memórias em que o ex-chef narra os bastidores da cozinha de grandes restaurantes, Bourdain pegou a estrada. Com seu programa de tevê, roda o mundo atrás de bons pratos e das histórias de quem os prepara. R$ 39,60 (Saraiva)


Lenny Kravitz Black and White America - Vencedor de quatro GRAMMYs, Lenny Kravitz anuncia orgulhosamente o lançamento do seu esperado nono álbum de estúdio, Black And White America. Gravado em Paris e nas Bahamas, os vocais e a guitarra de Lenny Kravitz são muito distintos no Black And White America, mostrando a habitual intensidade com que ele registra e executa suas músicas. R$ 28,90

X-men Primeira Classe + Livro de Colecionador - Uma edição pra lá de especial com o filme que mostra como tudo começou neste emocionante primeiro capítulo da saga dos X-men. Antes de Charles Xavier e Erik Lehnsherr passarem a ser conhecidos como Professor X e Magneto, eles eram dois rapazes que ainda descobriam seus poderes. Antes de eles serem inimigos, eles eram amigos íntimos e reuniram uma elite de mutantes para formar os X-men numa tentativa de impedir a 3ª Guerra Mundial. E mais um exclusivo livro de colecionador com 40 páginas da produção da arte, fotos de bastidores, ilustrações de cenário e muito mais. Além de mais de 4 horas de bônus de primeira classe incluindo Cérebro - o localizador de mutante. Para os fãs de heróis em quadrinho é o pacote perfeito. R$ 99,90 (Saraiva)

Myllo Xyloto Coldplay - Em Mylo Xyloto (EMI), as músicas do Coldplay continuam mais grandiloquentes e menos urgentes do que aquelas que a banda fez nos dois primeiros discos. Mas depois de algumas audições, Mylo Xyloto mostra uma melhoria em relação ao Viva La Vida. Vide Hurts Like Heaven, uma música que lembra os grandes momentos do The Cure, Every Teardrop Is a Waterfall, primeiro single do disco, é tão animada que nem parece que foi feita pela banda. E, para os sudosistas do Coldplay de outrora, Us Against the World é uma bela continuação de Yellow, primeiro hit da banda. (Tiago Lopes - Revista VIP Outubro) Preço previsto: R$ 59,90

Box Scarface - O vencedor do Oscar, Al Pacino, em uma atuação inesquecível como um dos mais impiedosos gângsteres já visto no cinema: Scarface. Co-estrelado por Michelle Pfeiffer (Susie e os Baker Boys), indicada ao Oscar, o filme conta a história de luta do imigrante cubano Tony “Scarface” Montana que encontra riqueza, poder e paixão além dos seus sonhos, a um preço que jamais imaginou pagar. Do aclamado diretor Brain de Palma (O Pagamento Final) e do vencedor do Oscar de Melhor Roteiro, Oliver Stone (Nascido em 4 de Julho), este Blu-ray repleto de ação apresenta imagens em alta definição, explosiva faixa de áudio 7.1 e extras inéditos. Além do kit comporto por Brindes 5 Cards, 1 Greencard Fake, 1 Nota De Um Dólar Fake. Um dos mais influentes filmes de gângster de todos os tempos, Scarface – Blu-ray chega com alta qualidade de som e imagem. R$ 69,90

Conversas com Scorsese - Em Conversas com Scorsese, um dos grandes nomes do cinema norteamericano do século XX fala sobre sucessos como Taxi Driver, Touro indomável, Os infiltrados e Ilha do medo, sobre narrativa, filmagem e direção, atores, música e montagem. Mas não só: os longos anos de amizade com o autor Richard Schickel, importante crítico de cinema da atualidade, fazem com que surja das conversas um homem brilhante, profundo conhecedor da história do cinema, capaz de refletir sobre seus medos, obsessões e fracassos. No livro, Scorsese relembra sua infância em Little Italy, a convivência com os pais e com os mafiosos que mais tarde inspiraram alguns de seus filmes; fala sobre seus questionamentos religiosos (ele queria ser padre); revela a angústia e atribulações que enfrentou na realização de Gangues de Nova York e Ilha do medo; e dá detalhes preciosos sobre suas produções, confessando o quanto há de autobiográfico até mesmo em seus filmes mais improváveis. R$ 89,90
Discurso do Rei - Final do mês chega às lojas o premiado filme O Discurso do Rei, vencedor do Oscar de melhor filme desse ano. Após a morte de seu pai, o rei George V, e a abdicação escandalosa do Rei Eduardo VIII, Bertie, que sofreu de um problema de fala debilitante toda a sua vida, de repente é coroado rei George VI do Inglaterra. Com o seu país na beira de uma guerra e precisando desesperadamente de um líder, sua esposa, Elizabeth, a futura Rainha Mãe, manda o marido para se consultar com um excêntrico terapeuta da fala, Lionel Logue. Os dois embarcam em um tratamento pouco ortodoxo e, eventualmente, formam um vínculo inquebrável. R$ 29,90
A Primavera do Dragão - O novo livro de Nelson Motta transcorre sob o sol da Bahia, pelas ruas e becos de Salvador e entre incursões pelo misticismo do sertão nordestino e o glamour de Paris e Cannes. Em "A Primavera do Dragão - A Juventude de Glauber Rocha (Objetiva)", o escritor constrói um relato ágil sobre a juventude inquietante do cineasta baiano e a criação do Cinema Novo, que revolucionou a estética cinematográfica brasileira. Com a mesma pegada pop e o talento para resgatar histórias bem-humoradas de seus livros anteriores, o autor de Noites Tropicais e Vale Tudo traça o panorama de uma geração que inscreveu o Brasil no mapa do cinema internacional e arrancou elogios de Truffaut a Sartre.
No livro, Nelson evoca o nascimento do cineasta em Conquista, no interior baiano. Refaz as andanças do artista pela efervescente capital baiana, geralmente acompanhadas pelo amigo João Ubaldo Ribeiro. Recorda as experiências ainda embrionárias de Glauber no cinema, com os curtas-metragens Pátio e Cruz na Praça e o primeiro longa Barravento, produzidos sob o impacto de Rio 40 Graus, de Nelson Pereira dos Santos, e do neorrealismo italiano, de Rossellini. Descritos com cortes cinematográficos, seu foco são os anos que antecederam ao estouro de Deus e o Diabo na Terra do Sol, obra-prima do Cinema Novo, até a disputa do filme em Cannes com Vidas Secas, de Nelson Pereira dos Santos. R$ 45,50 (Travessa)


NEVERMIND - 20TH ANNIVERSARY DELUXE EDITION - O álbum inteiramente remasterizado é acompanhado de lados B de estúdio, ensaios e registros ao vivo da banda se apresentando no Paramount Theatre em Seattle, mesma apresentação que foi incluída no DVD. E o livro de 90 páginas com um vasto acervo de fotos completa o pacote especial deste disco que já vendeu mais de 30 milhões de cópias em suas tiragens originais (somando as tiragens em LP e CD). A versão Super Deluxe que também será oferecida em vinil deverá ter apenas 10 mil cópias para América do Norte e outras 30 mil para o resto do mundo. Recentemente o Facebook baniu de suas páginas a capa do já citado disco pois de acordo com suas regras “O Facebook não permite fotos que ataquem algum grupo ou que contenham nudez, uso de drogas, violência ou outras violações dos termos de uso”. Apesar disto, continua sendo uma das mais famosas e emblemáticas capas de todos os tempos gerando intensas discussões a respeito das mensagens subliminares que ela conteria. R$ 44,90 (Cultura)
Baseado no livro homônimo, a peça conta a história da ex-prostituta Gabriela Leite. A criadora da Daspu e da Ong Davida ganhou fama internacional por sua luta pelo reconhecimento da prostituição como profissão e por sua participação nas campanhas contra a AIDS. No papel de Gabriela, a atriz Alexia Dechamps; sob direção de Guilherme Leme. A MENSCH foi até Alexia para bater um papinho e saber um pouco mais sobre a peça e ela própria.

01 – A rivalidade entre brasileiros e argentinos é histórica no futebol. Como uma brasileira nascida na argentina, conta pra gente, quem manda melhor na arte da conquista, argentinos ou brasileiros? Eu tive boas experiências com os dois países... A arte da conquista é de cada um, depende da vontade, da educação do savoir fare... Já fiquei casada com um argentino e hoje namoro um brasileiro.

02 – Você é linda e tem uma carreira consagrada. Isso atrai ou assusta os homens? Atrai certamente, mas muitos não chegam, porque assustam... Acham que a mulher fica fora de alcance.

03 – Na sua peça, "Filha, Mãe, Avó e Puta”, você interpreta uma ex-prostituta que ganhou fama internacional e lutou contra a AIDS. Agora que você está vivenciando esse personagem ficou mais fácil de entender por que os homens procuram prostitutas? Conheço muitos homens que não curtem transar com prostitutas, mas certamente existe isso uma coisa fundamental nisso tudo: A FANTASIA SEXUAL, muitos casais não compartilham isso, e aí, as putas viraram especialistas no assunto.

04 – E como o homem deve se comportar na cama e depois dela? NA CAMA: acho que vale tudo desde que o casal esteja feliz, de acordo. DEPOIS DELA: Carinho, educação e respeito, são fundamentais.

05 – Qual a maior virtude que um homem pode ter? Lealdade.

SERVIÇO:
Local: Centro Cultural Banco do Brasil
Datas: Até 30 out 2011
Horários: dom, qua, qui, sex e sáb 19:30
Preço: R$ 10.00
Siga a MENSCH no Twitter: @RevMensch e baixe no iPad, é grátis: http://goo.gl/Ta1Qb



Todo mês é muito difícil selecionar apenas alguns dos vários lançamentos e destaques em cada seleção. Porém em alguns casos fica difícil não escolher, como por exemplo, clássicos como Fernando Moraes, Chico Buarque, Rocky Balboa e Red Hot Chili Peppers que são infalíveis na área da literatura, cinema e música. Sempre esperados pelo público e elogiado pela crítica especializada, esse mês eles ganham destaque aqui em nossa seleção. Além deles, muito humor, críticas, sátiras e entretenimento, sem esquecer de incluir novidades nas salas de cinema e no teatro com duas grandes sugestões. Espero que curtam nossas dicas e bom divertimento!
MAIS ESTRANHO QUE A FICÇÃO - Como romancista, Chuck Palahniuk se notabilizou por retratar personagens pouco convencionais. Em “Mais estranho que a ficção” o Chuck abandona o universo ficcional e aponta seu foco para as pessoas reais, mas mantém o gosto pelo incomum. O livro é um mergulho no lado mais bizarro e excêntrico dos Estados Unidos, revelando uma outra nação que convive lado a lado com a imagem oficial do país, sobre o qual Palahniuk lança um olhar às vezes irônico, às vezes terno, mas sempre original. Dividido em três partes, “Pessoas Juntas”, “Retratos” e “Pessoal”, o livro reúne uma série de reportagens, ensaios, crônicas e perfis com enfoque jornalístico, alguns escritos para revistas norte-americanas, que trazem em comum o estilo e o gosto de Palahniuk pelo estranho e pelo absurdo infiltrados na vida cotidiana.


CHICO - CHICO BUARQUE - O cantor e compositor Chico Buarque interrompeu o jejum musical de cinco anos com um novo disco, "Chico". O lançamento veio cercado por ações nas redes sociais, com a criação de um site (www.chicobastidores.com.br) para divulgar o '"making of'" do álbum, e permitir a venda antecipada e a divulgação de canções em doses homeopáticas antes do lançamento oficial (que aconteceu agora em julho). O disco, que traz dez faixas, leva o nome do próprio, "Chico" e tem participações especiais de João Bosco em “Sinhá”, de Thais Gulin em “Se eu soubesse” e Wilson das Neves em “Sou eu”, parceria de Chico e Ivan Lins e sucesso já consagrado na voz de Diogo Nogueira. Dessa vez, Chico homenageia o Blues e a Bossa, sem esquecer o Samba.

 

TRABALHO INTERNO - As verdades chocantes sobre a maior crise econômica mundial nesse documentário sobre o setor financeiro dos Estados Unidos, que tentou enganar o investidor norte-americano comum. Feito por meio de uma pesquisa extensiva e entrevistas com economistas, políticos e jornalistas, "Inside Job - A Verdade da Crise" retrata as relações corruptas existentes entre as várias partes da sociedade. Com brilhante direção de Charles Fergunson e narração do ator Matt Damon, este é o primeiro filme que expõe a verdade sobre a crise econômica de 2008, nos EUA.
ALL OF YOU – COLBIE CAILLAT - O novo cd, o terceiro de sua carreira, da gatíssima Colbie Caillat, "All Of You", contém 14 faixas e uma parceria com o rapper Common. Segundo Colbie, o novo disco é seu som mais maduro. "Ainda incorporo alguns estilos que eu amo e que estão nos dois primeiros álbuns, mas é um novo capítulo. Sou mais experiente agora e apesar de ter composto as canções com compositores talentosos, no final é ainda a minha música", disse a Billboard. Entre os créditos de "All Of You" estão Ryan Tedder (Beyonce, Leona Lewis), Toby Gad (Alicia Keys, Drake, Kelly Clarkson), Jason Reeves (que trabalhou com Colbie em "Bubbly" e "Realize") e Rick Nowels (Madonna, Nelly Furtado...). Justn Young, músico e namorado de Colbie, também compôs três faixas. "Foi muito divertido trabalhar com ele. Nunca tive muito interesse em músicos antes e agora ter um namorado que toca piano e violão… é brega, mas muito bom", concluiu.

ROCKY: Coleção Completa (6 DVDs) - Para os fãs de lutas, um dos maiores clássicos do cinema de ação, Rocky, com Sylvester Stallone é lançado num super Box com todos os seis filmes da série. Pra quem não lembra, Stallone fez o boxeador Rocky Balboa em um papel consagrado como uma daquelas coisas que acontecem uma vez na vida de um homem e lhe rendeu o Oscar de Melhor Filme em 1976. Suas continuações igualmente marcantes e repletas de ação estão aqui apresentadas nesta imperdível coleção de Rocky, com a melhor qualidade de som e imagem impecáveis. Com cenas de luta de tirar o fôlego e interpretações contundentes, estes cinco filmes contam a inspiradora história da jornada de um herói inesquecível. A coleção traz os títulos: Rocky - Um Lutador; Rocky II - A Revanche; Rocky III - O Desafio Supremo; Rocky IV; Rocky V; e Rocky Balboa.


NA TERRA DAS MULHERES SEM BUNDA - Paulão de Carvalho é vocalista da banda “Velhas Virgens”, roteirista de televisão e doutor em botecos, e escreveu este livro que é eclético demais para se enquadrar em qualquer classificação. Podemos dizer que se trata de um romance de um guia turístico, ou mesmo um manual bem humorado, ou até mesmo uma novela policial sobre uma obra de realismo fantástico. “Se na Europa as mulheres apresentam uma ‘ausência ofensiva’ de traseiros, em compensação por lá as boas histórias abundam. Bem, ao menos quando somos companheiros de viagem – e das viagens – do Paulão em sua lua de mel no Velho Continente. Neste bate-perna irreverente, democrático e, por que não dizer, instrutivo, vamos do Moulin Rouge ao Museu do Prado, de Abbey Road ao Scala de Milão, da Sagrada Família ao bairro da Luz Vermelha de Amsterdã. No caminho, trombadas inesperadas com Jimi Hendrix, Jack, o Estripador, Regininha Poltergeist, enfim, Deus e o diabo – estes dois, de bobeira na frente do Fórum de Trajano, em Roma... De líquido e certo, além da cerveja gelada, a leitura, definitivamente, vale a viagem. E vice-versa. Pé na estrada, então!”
The Walking Dead - 1ª Temp. - Um dos maiores sucessos da TV americana em matéria de seriados, The Walking Dead ganha sua versão em DVD (e Blue Ray). Baseado num Best-seller dos quadrinhos, com o mesmo nome, na história o mundo vive momentos de caos, quando o xerife Rick Grimes acorda, depois de passar muito tempo em coma num hospital. Mal sabe ele que nada mais é como costumava ser. Assustadoramente, o improvável aconteceu e o apocalipse chegou com uma assustadora invasão de mortos-vivos. The Walking Dead conta exatamente o que acontece com os humanos que sobreviveram a isso tudo e prosseguem lutando contra essas perigosas criaturas. A série é assinada por Robert Kirkman.

OS ULTIMOS SOLDADOS DA GUERRA FRIA - Para quem procura um livro com requinte investigativo, imparcialidade e sofisticados recursos literários, tai uma ótima sugestão. Escrito pelo renomado Fernando Morais, ele conta com grandiosidade a incrível aventura dos espiões cubanos (12 homens e 2 mulheres) da Rede Vespa. Infiltrados nos EUA, o objetivo era espionar uma rede terrorista formada por 47 grupos anticratistas sediados na Flórida e com apoio tácito dos EUA, que provocaram cerca de 127 ataques terroristas, em apenas 5 anos, em território cubano para minar as forças de esquerda. Nesse livro o leitor pode conferir tudo sobre organizações criminosas internacionais, aventuras mirabolantes, disfarces perfeitos, emissários secretos e conquistas amorosas jamais reveladas. Mergulhe neste universo e tenha boa leitura na certa.



I'M WITH YOU - RED HOT CHILI PEPPERS - O esperado cd da babda muti-platina Red Hot Chili Peppers, uma das mais bem sucedidas da história do rock, finalmente lançará no dia 30 de agosto o seu 10º álbum da carreira, intitulado I’m With You. Uma das atrações mais aclamadas na edição de 2001 do Rock in Rio – e a mais aguardada da edição deste ano, além da esperada apresentação em São Paulo – a banda teve o novo disco produzido por Rick Rubin. O álbum foi mixado por Andrew Scheps e Greg Fidelman. Dia 30 de agosto (terça-feira), a sala 3 do UCI Kinoplex Recife exibe o concerto direto da Alemanha. Curitiba, Rio, São Paulo, Salvador e Fortaleza também terão sessões, às 22h. O repertório do show trará essencialmente as novas músicas, mas também grandes hits dos roqueiros americanos. As imagens serão captadas em alta definição e transmitidas via satélite, em uma hora e meia de duração.

Estréia próxima sexta (26) “Amor a Toda Prova” (Crazy, Stupid, Love), um filme que traz Steve Carrell (de “O Virgem de 40 Anos” e “The Office”) como Cal Weaver, um homem com quarenta e poucos anos que tem uma vida aparentemente “perfeita” – é casado e tem um bom emprego e filhos. Tudo isso desmorona quando ele descobre que sua esposa, Emily (Julianne Moore), está tendo um caso e quer o divórcio. Cal então passar as noites enchendo a cara num bar modernoso  onde termina conhecendo o “pegador” Jacob (Ryan Gosling). Jacob faz aquele tipo de cara sarado, bronzeado e bem vestido que adora jogar charme e conquistar todas as mulheres. E justamente com seu novo amigo, Jacob, que Cal resolve partir pro ataque. Jacob ensina a Cal como cuidar do visual e chegar nas mulheres. Uma comédia leve e despretensiosa que vai falar do ponto de vista masculino sobre amor, sexo, conquistas e derrotas amorosas. Talvez possamos dizer que seja um filminho “água com açúcar” para homens, ao contrário do que estamos acostumados a ver onde as mulheres são as protagonistas. Também estão no elenco do filme as gatíssimas Emma Stone e Marisa Tomei (que protagoniza um belo, e divertido, strip tease).



Da obra de Dostoievski a peça “O Idiota” é uma montagem de Fábio Ferreira e uma oportunidade incrível de conferir uma experiência bem sucedida de se encenar uma peça de teatro fora do que estamos acostumados a um espetáculo teatral tradicional. O local, o Parque das Ruínas, localizado no bairro de Santa Tereza no Rio de Janeiro, por si só já é um local incrível e as escolhas dos espaços utilizados, ajudam a melhor contar a história do príncipe Míchkin. Na história o tal príncipe Míchkin retorna a Petesburgo, após permanecer vários anos em um sanatório na Suíça para tratar da sua epilepsia. No desenrolar da trama, o indivíduo superior, poderoso e supostamente apto para comandar seus servos acaba sendo, para os demais – uma sociedade corrompida e corrupta – um idiota, um inadaptado. Os melhores sentimentos de Michkin são compreendidos como patologia, doença.

A inocência e a compaixão sem limites do rei vai se chocar com o desregramento mundano de Ródjin e a beleza de Nastácia Filíppovna. Sua bondade e o impacto da sua sinceridade revela de forma trágica como em um mundo obcecado por dinheiro, poder e conquistas, o sanatório acaba sendo o único lugar para um santo, um inocente que ainda acredita na bondade e na solidariedade humana. O elenco formado por Bruna Brignol, João Lucas Romero, Natacha Gaspar, Pedro Emanuel, Sergio Santoian e Yasmin Garcez, dá um show de interpretação e muita competência em suas respectivas interpretações alternando momentos de comédia e drama em meio às loucuras e viagens cênicas que terminam por contaminar o público.

SERVIÇO
Parque das Ruinas - Santa Teresa - RJ
sex a dom as 19h
Ingresso: 16,00

FONTE:
Americanas.com
Livraria da Travessa
Livraria Cultura
Livraria Saraiva
Vídeo Lar
UOL
MTV


Siga a MENSCH no Twitter: @RevMensch e baixe no iPad, é grátis: http://goo.gl/Ta1Qb


O universo masculino é composto de grandes heróis, isso todo homem sabe. Precisamos de ícones, exemplos de hombridade, heroísmo e caráter. Homens que se destacam, viram referência e por isso tudo viram heróis e ícones de uma era. Foi partindo desse princípio que fizemos uma seleção de livros, filmes e cds que representassem bem esse universo. Grandes figuras, heróis de guerra, escritores, fotógrafos, cantores. Homens como o fundador da liberdade do erotismo como Hugh Hefner, como o grande cantor Jimi Hendrix ou ícone da TV como Hugh Laurie. Atrelado a tudo isso, um toque de erotismo em belas fotos de mulheres no ápice do prazer. Entretenimento para ver, ler e ouvir durante todo o mês e começar bem a semana. Espero que curtam! Té a próxima!
( 1 ) GUERRA - Para quem gosta de um bom relato de guerra, o livro Guerra é uma ótima opção. Durante quinze meses, Sebastian Junger e Tim Hetherington conviveram com um pelotão de infantaria do exército dos Estados Unidos, baseado no vale Korengal, uma remota área do leste do Afeganistão. Das cinco viagens à região, feitas entre junho de 2007 e junho de 2008 resultaram o documentário Restrepo (codirigido por Hetherington), vencedor do Grand Jury Prize do festival de Sundance e indicado ao Oscar de melhor documentário de 2010, e o livro Guerra de Junger, publicado pela Intrínseca em junho. Esse porém, será o último relato pessoal do jornalista Sebastian Junger, autor de Guerra e codiretor de Restrepo, pois ele não cobrirá mais a linha de frente de conflitos. De acordo com entrevista publicada pelo jornal Los Angeles Times, Junger tomou essa decisão após a morte de Tim Hetherington, seu amigo e fotojornalista que o acompanhou ao Afeganistão para as filmagens de Restrepo, ocorrida em abril, na Líbia, durante a cobertura dos combates entre as tropas de Muammar Kadafi e oposicionistas.

( 2 ) BEN HARPER - Give Till It’s Gone é o décimo álbum de estúdio e o primeiro disco solo desde 2006 do ganhador de dois prêmios GRAMMY e um dos maiores artistas da atualidade, Ben Harper. Inspirado pelo rock n’ roll, o álbum traz duas faixas co-escritas com o lendário baterista dos Beatles, Ringo Starr, nas quais ele também toca bateria: a exuberante Spilling Faith, com toques psicodélicos, e Get There From Here, um instrumental de improvisação. Ringo convidou Ben para participar de seu álbum de 2010, Y Not. Com Give Till It’s Gone, Ben examina a disparidade entre o homem que ele é hoje e o homem que se esforça para ser. Buscando lá no fundo de si mesmo, ele descobre que não há respostas fáceis, mas nos implora para percorrer a seu lado a distância desta jornada que se expressa na comovente faixa de abertura do álbum, Don't Give Up On Me Now. Embora suas músicas sejam muito pessoais, Give Till It’s Gone ilumina a luta universal para encontrarmos significado e nos envolvermos totalmente com a vida e uns com os outros.

( 3 ) MAD MEN 3º Temp. - Uma das séries de maior sucesso no mundo atualmente, provocando os telespectadores e a crítica com muito charme e estilo ao retratar o mundo conflituoso de Don Draper (Jon Hamm), o mais bem cotado publicitário do mercado (e também entre as mulheres), e de seus colegas de agência de publicidade Sterling Cooper. Enquanto executa uma excelente performance na sala de reunião e na cama, Don se esforça para manter-se na vanguarda das rápidas mudanças de seu tempo e à frente dos jovens executivos que competem com ele. A série mostra de forma autêntica os papéis de homens e mulheres nessa época, ao mesmo tempo em que explora a verdadeira natureza humana, acobertada pelos valores familiares tradicionais dos anos 60. Ambientada na Nova York da década de 60, Mad Men, uma série dramática, sexy e provocante, mostra as difíceis e competitivas vidas de homens e mulheres da indústria da publicidade da Avenida Madison.

Desde a sua estreia a série foi premiada com um Emmy de melhor série dramática, dois Globos de Ouro de melhor série dramática para televisão, o prêmio Peabody, o prêmio Producers Guild, dois prêmios Writers Guild, e o prêmio da AFI por estar entre as 10 melhores séries da televisão em 2007 e 2008. Nessa sua terceira temporada, o mundo de Mad Men aponta agora para uma nova direção: como o mundo dos negócios e a vida pessoal de Don Draper tornam-se ainda mais complicados, repleto de escândalos e revelações bombásticas. Mad Men - um retrato chocante de um tempo que não era nada inocente. Nada é tão sexy. Nada é tão provocante. Nada é como parece.


( 4 ) POWER OF SOUL, A TRIBUTE OF JIMI HENDRIX - Ao contrário da maioria dos CDs de tributo a Jimi Hendrix, Power Of Soul deixa de lado o aspecto roqueiro do guitarrista, focando mais no seu lado Rhythm&Blues. A gama de artistas envolvidos nessa homenagem conta com Goodie Mob rapper Cee-Lo, Prince, Chaka Khan e Kid Rock, Kenny Olson, o supergrupo formado por Carlos Santana, Corey Glover, Stanley Clarke e Tony Williams trazendo um groove sólido à "Spanish Castle Magic.", fechando com uma apresentação ao vivo inédita de Stevie Ray Vaughan tocando “Little Wing”.

( 5 ) ONDE OS HOMENS CONQUISTAM A GLÓRIA: A Odisséia de um Soldado - Mais um instigante livro com temática de guerra. Dessa vez envolvendo um astro do futebol americano. Jon Krakauer reconstitui a trajetória de Pat Tillman - morto no Afeganistão e um dos principais ícones do patriotismo pós -11 de setembro - e expõe a farsa arquitetada para encobrir aquele que se tornaria um dos mais emblemáticos escândalos militares da era Bush. Pat Tillman era um astro do futebol americano na época dos ataques terroristas ao World Trade Center. O evento despertou nele a obrigação moral de se juntar às forças armadas do então presidente George W. Bush em sua cruzada contra o terror. Às vésperas da temporada 2002 da Liga Nacional, Tillman renunciou a um contrato de quase 4 milhões de dólares para passar os três anos seguintes como soldado de infantaria.

Enviado ao Iraque e ao Afeganistão, Tillman foi morto acidentalmente por um colega após uma sequência de manobras equivocadas de sua unidade de combate. A reação oficial foi um cínico encobrimento da verdade aprovado pelos mais altos escalões do governo e uma série de investigações que resultariam ineptas não fosse a determinação de Dannie Tillman em descobrir o que acontecera com seu filho. Em uma pesquisa de fôlego, Krakauer reconstrói a trajetória de Pat Tillman e revolve a campanha de desinformação do governo americano para que a verdadeira causa de sua morte jamais viesse à tona.

( 6 ) HUGH HEFNER: PLAYBOY, ATIVISTA E REBELDE - Documentário com um olhar revelador sobre o excêntrico fundador do império Playboy. Com humor e perspicácia, o filme mostra as batalhas ferozes de Hugh Hefner contra o governo, a direita religiosa e militantes feministas. Imagens e entrevistas raras com Hefner e um notável acervo de depoimentos de várias personalidades da cultura pop do século 20, como George Lucas, Jesse Jackson, James Caan, Tony Bennett e Gene Simmons fornecem um retrato brilhante e divertido da vida de um homem extraordinário e as controvérsias que o rodeavam.

( 7 ) BRAVURA INDÔMITA - Vencedor do Oscar em 2010, Bravura Indômita relata a história onde ninguém põe fé que uma menina de 14 anos possa sair de casa e viajar em pleno inverno para vingar a morte do pai. A jovem protagonista tem de enfrentar homens violentos e a própria inconstância de seus aliados. Sua obstinação, no entanto, tem a capacidade de enfraquecer toda e qualquer resistência ao seu redor.

( 8 ) LA PETITE MORT - O escritor francês George Bataille dizia que “o erotismo é uma afirmação da vida que se estende até a morte” e, citando Marquês de Sade, emendava dizendo que “não há melhor maneira de se familiarizar com a morte do que associá-la a uma idéia libertina”. Foi um dos principais pensadores a trabalhar a expressão popular la petite mort (a pequena morte), que designa o momento transcendente que acontece a partir do orgasmo. Com um título significa "a morte do pequeno", um eufemismo para o orgasmo, 37 mulheres se masturbaram exuberantemente para o fotógrafo canadense Will Santillo que partiu para revelar a diversidade e a criatividade com que as mulheres se aproximam do orgasmo através da masturbação. E assim pode retratar a beleza e o erotismo de mulheres comuns no auge da beleza do orgasmo - muito mais rica do que a masculina. Santillo diz que pretende descobrir a face oculta de seus súditos, e de fato, o melhor é a cara que mostram a intensidade da resposta nestas fotos artisticamente explícitas e exuberantes em tons de sépia. Intimidade e provocação ao extremo.

( 9 ) LET THAM TALK – Hugh Laurie - O intérprete do médico House, na série de mesmo nome, é um homem que atua em várias áreas. Além de protagonizar a série, Hugh também é escritor e músico. Seu personagem na série, inclusive, já apareceu várias vezes com uma guitarra na mão, tocando o instrumento. Agora é a vez do ator deixar seu lado cantor vir realmente à tona. Hugh Laurie acaba de lançar um álbum de blues chamado Let Them Talk, que pode ser adquirido pela internet, inclusive sendo disponibilizado para download no site oficial do ator/cantor. A faixa Guess I’m Fool, que você pode conferir abaixo, faz parte do setlist do novo álbum, confira:



Consulta: Americanas.com, Livraria da Travessa, Livraria Cultura, Livraria Saraiva, MicroLar

Siga a MENSCH no Twitter: @RevMensch e baixe no iPad, é grátis: http://goo.gl/Ta1Qb

________________________________________________________________________
O som do Hands Up é um projeto de música eletrônica formado pelo DJ Ber Bush, ganhador do prêmio DJ Revelação Cool Awards 2009 e pelo percussionista Gutto Sertam, que ja é considerado um grande sucesso a nível nacional, tendo tocado nas melhores festas do país, eles inclusive agitaram boa parte do útimo verão em Floripa. Em seus dois anos de vida, já alcançaram uma posição de evidência no mercado da música eletrônica, com uma mistura de house music e percursão que deu muito certo.

Veja o vídeo promocional e se anime para a próxima balada do Hands Up:



Texto: André Lima
Fotos: Divulgação
Site oficial: www.handsuplive.com.br
------------------------------------------------------------------------------------------------------



Em plena divulgação do álbum “Dias Mejores”, a banda Jota Quest filmou recentemente seu primeiro videoclipe em espanhol. A deliciosa versão latina de “Na Moral” foi a faixa escolhida.



Já conhecido da banda pela direção do documentário "Paratodos", que acompanha a edição especial do CD, o diretor argentino Nahuel Lerena foi o convidado para dirigir o vídeo. O clipe conta com as participações especiais de Emmanuel Horvilleur e Dante Spineta, da dupla "(IKV) Illya Kuryaki and the Valderramas”, que também participam da versão do álbum. “Durante os três dias de filmagens, que rolaram em Buenos Aires, mais de cem figurantes entre figuras raras y personas muy estranhas passaram pelo set” – comenta Rogério Flausino.

O clipe ainda não tem data de estreia, mas um making-of feito pelos próprios Jotas em seus celulares já está disponível na rede:




Texto e fotos: Assessoria de Imprensa Jota Quest

Batucada Comunicação
Marcus Cesar
Tel: +55 (11) 2910 6359
Cel: +55 (11) 9486 2320
e-mail:
marcao@batucadacomunicacao.com


-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Um dos fotografos mais badalados do mundo, Josh Owens, criou um curta metragem em formato de MP4 e HD, que reune os seus melhores angulos da cidade de Nova York. É ver e correr para o aeroporto pegar o primeiro avião.

Veja o vídeo:

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


EXPOSIÇÃO: JUDEUS NO SÉCULO XX
Devido a perseguição e a expulsão, foi nos países baixos que os judeus buscaram abrigo. No Brasil muitos continuaram com suas vidas, buscando ser discretos e tentando se adaptar ao novo país,afinal eram refugiados. Mas com a chegada dos holandeses muitos se tornaram pessoas importantes no governo de Mauricio de Nassau, já que conheciam a língua e o povo que aqui vivia. Foi assim que eles prosperaram e tiveram mais liberdade em fazer cultos até que em 1636 a sinagoga Tzur Israel foi construida em Recife, mas a felicidade não duraria para sempre e com a chagada dos portugueses eles voltaram a ser perseguidos pelas práticas realizadas.
Durante muito tempo a sinagoga foi procurada, pois ela contém a história dos antepassados e depois de restaurada serviu como centro de estudos para a sociedade e abriga 60 mil documentos relativo ao período, lista das famílias que vieram da Europa, fotos e documentos como os Cadernos do Promotor da época da inquisição que resgistrava depoimentos de autoridades sobre "o bairro dos observantes da lei de Moisés"

Pretendendo aproximar ainda mais o povo dessa história e celebrar o Dia Mundia da Lembrança do Holocausto, na quinta-feira passada (27) foi inaugurada em Recife a exposição "Das Aldeias Europeias à Vida Urbana do recife" que é um misto de saudade e cultura daqueles que começaram a vida aqui. Ela se divide em três partes,a vida na Europa onde vemos os relatos sobre a vida nos guetos, já que se evitava o contato do resto da população com eles que apenas tem uma fé diferente da nossa, a migração para o Brasil que passava por uma política imigratória o que impossibilitava os judeus e outros tantos de serem recebidos com dignidade. Mesmo assim muitos tinham parentes aqui e recebiam abrigo em suas casas e o desenvolvimento das atividades depois da chegada a Pernambuco onde muitos constituiram famílias e se habituaram aos ritos aqui praticados.

Na Abertura vimos alguns desses ritos como, seis velas serem acesas em homenagem aos judeus mortos no Holocausto e o “lechaim”, que é o brinde judaico à vida. A exposição começou a ser montada a 2 anos e tem o apoio do Museu Sinagoga Kahal Zur Israel e fica aberta para visitação em caráter gratuito até dia 03/02, de segunda, das 10h às 22hna Praça Central do 1º piso do Paço Alfândega.
Por Jamahe Lima

------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Os shows da cantora Amy Winehouse só começam próxima semana, mas um dos burburinhos do momento é sobre a cantora que irá abrir os shows, uma tal de Janelle Monáe. Comenta-se inclusive que a própria Amy tentou evitar que Janelle abrisse seus shows, pois não queria ser ofuscada pelo desempenho elogiadíssimo da colega. Verdade ou não, não se sabe. Mas que Janelle é páreo duro para Amy, isso é. E só isso já será motivo de sobra para Amy se comportar e dar o melhor de sí, caso contrário será a jovem Janelle a realmente atrair todos os holofotes e manchetes em todas as mídias.

Mas e quem é essa "tal" Janelle Monáe? Essa é a pergunta que muitos estão fazendo no momento. Fomos atrás de saber quem é a jovem de 25 anos nascida na cidade americana Kansas City, que dança eletricamente e tem uma potente voz (fora o "topetinho" característico de sua persona) que vai abalar os palcos brasileiros esse mês. Janelle é uma artista completa, cantora, compositora, dançarina e performista. Com seu pouco tempo de estrada, já gravou dois cd´s (seu primeiro album foi lançado em 2010), foi indicada ao Grammy de Melhor Álbum Contemporâneo R & B. Seu  álbum teve um impacto comercial maior chegando ao número 17 na Billboard Hot 200 nos EUA.

Nascida e criada em Kansas City, Janelle desde criança já desejava ser cantora e tinha em Dorothy, do Mágico de Oz, teve certa influência nas suas criações. Ainda no início de carreira, a jovem Janelle mudou-se para estudar em Nova York com o intúito de seguir carreira na Broadway, mas ao longo do tempo direcionou a sua carreira exclusivamente para a música, que segundo ela, tem o potencial de mudar o mundo. Numa outra mudança de cidade, dessa vez para Atlanta, Janelle conheceria OutKast´s Big Boy que juntos, fundariam a Sociedade de Belas Artes para jovens artistas. O convívio com o Big Boy a levou a assinar contrato com a gravadora Bad Boy Records A & Skid R Daniel.


Em 2007 Janelle lançou seu primeiro disco solo, chamado Metrópole, concebido como álbum conceitual. Elogiado pela crítica especializada, era dividido em partes, algumas para ser baixado em mp3 através do site oficial. Por conta de um novo contrato assinado, em agosto de 2008, o disco foi renomeado "Metropolis: A Suite Chase (Special Edition)" e incluiu duas novas faixas. E foi com esse disco que Janelle recebeu sua primeira indicação ao Grammy. Em maio de 2010, Janelle lançou seu álbum, o ArchAndroid. E juntamente com o disco Metropolis, são combinados numa versão longa-metragem, em que o alter de Janelle, Cindi Mayweather, torna-se a figura andróide de Metrópolis, fazendo uma referência aos filmes de ficção científica.

Com um estilo próprio, Janelle ganhou as páginas das revistas de moda e estilo. Seus smokings típicos criaram uma identidade e deram um tom sofisticado a Janelle, segundo ela descreveu o smoking como sendo um uniforme de sua carreira e Janelle declarou que quando ela os veste sente que está trabalhando. Com seus smokings, sua dança e sua potente voz, Janelle nos leva a crer que é realmente um andróide de traços afilados ou uma graça da ficção científica. Mas isso tudo iremos conferir de perto próxima semana. Até lá confiram alguns vídeos de Janelle que fazem sucesso por aí.






Um dos melhores vídeos de Janelle: http://www.youtube.com/watch?v=pwnefUaKCbc&feature=channel

VÍDEO MENSCH


LIVE YOUR LIFE
O nome desta música já diz tudo. Aí você junta Erick Morillo e o vocal de Shawnee Taylor, e  só consegue pensar em coisas como: o final de semana que não chega ou onde está o telefone da minha agência de viagem. Neste clip, eles mostram como aproveitam bem a vida, e logo bate uma vontade de cair no mundo e curtir o que a vida tem de melhor. Afinal, com uma música dessa, fica fácil! Não temos mais o que falar, enjoy it...





Então prepare a rehab, porque a produtora Mondo Entretenimento confirmou as apresentações de “Êmi RaizeRaize” nas cidades de  Florianópolis, Rio de Janeiro, Recife e São Paulo. Além da nossa “heroína” do rock-blues, haverá apresentação de duas revelações da soul music, que irão abrir os show; os cantores americanos Janelle Mona e Mayer Hawtorne.
Não se sabe ao certo o que Amy irá cantar nas suas apresentações, já que desde o lançamento de Black to Back, nenhum projeto foi finalizado, talvez porque tenha passado o ano de 2009 na rehab, no Caribe. 
Com a sua vida pessoal “agitada” e depois da sua apresentação do Rock in Rio Lisboa, muitos estão com receio de que ela realmente venha ao Brasil. Amy entrou em palco bêbada, com um hematoma no pescoço e uma ligadura na mão que a impedia de segurar no microfone, além de rouca. Por conta disto, pediu desculpas e chorou diante de mais de cem mil pessoas presentes.
Na sua ultima apresentação, no festival de Glanstobury, Amy cantou bem durante uma hora, até que um fã jogou um objeto na sua cabeleira, o que fez com que Amy tivesse uma reação agressiva, avançando na multidão e tentando dar socos no rapaz. Conclusão Brasil; não joguem nenhum “bagulho” nela e fiquem longe do palco, esqueça o front stage.
Após esses incidentes, ela gravou um single que já é sucesso no mundo todo, “it’s my party”, uma regravação de Quincy Jones dos anos 60, também, sua gravadora confirma o lançamento do seu novo álbum em dezembro deste ano, então quem sabe nos iremos escutar suas novas músicas.
http://www.youtube.com/watch?v=5jYQrTYTfkA

É incontestável que Amy tem uma das melhores vozes do mundo, e mesmo com tudo que vem ocorrendo nos últimos tempos, não diminui a admiração dos seus fãs e o seu carisma. Afinal ela é vencedora de cinco Gramys e incontáveis premiações. O que torna esses shows ainda mais aguardado, é o retorno da cantora após a reabilitação, e sem dúvida uma nova fase na sua carreira. Os produtores que escutaram as músicas do novo álbum afirma que são excelentes e que tem material para três discos.
Especula-se que Amy irá lucrar em média R$ 800.000,00 nas quatro apresentações que irá fazer no Brasil e mais uma no exterior. Confira local e data das apresentações:
Quanto ao preço dos ingressos, a Mondo Entretenimento confirmou os valores dos shows do Rio (entre R$ 700, pista premier e camarotes, e R$ 180 cadeira nível 3) - e em Florianópolis (R$ 300, camarote, e R$ 100, pista).

Para Recife os ingressos começam a ser vendidos no dia 1º no site www.ingressorapido.com.br O preços são o seguinte:  R$ 300 frontstage (para quatro mil pessoas) e R$ 200 pista (para 8 mil pessoas), esse setor terá meia entrada. Os pontos de venda ainda não estão definidos. O festival começará às 21h, seguindo a seguinte ordem de apresentações: Mayer Hawtorne, Janelle Monae e Amy. Os ingressos já estão à venda para outras cidades, e poderão ser comprados pelo site, www.livepass.com.br , ou  pelo telefone 4003-1527 (custo de ligação local).


------------------------------------------------------------------------------------------------------------




Estava eu como de costume "caçando" novidades numa grande livraria no departamento de cd/dvd quando passo na frente da tv que fica passando alguns vídeos... rapidamente minha atenção se voltou para o que estava tocando naquele momento, as pessoas ao redor nem piscavam os olhos... a música era inebriante e as imagens enchiam os olhos de emoção diante de várias pessoas cantando músicas como "Stand By Me" e "One Love". Mas o que era aquilo? Quem cantores tão diferente eram aqueles? Não sabia de nada, só sabia que eu tinha gostado e pelo balando da música e a emoção prontamente peguei o último cd/dvd do "Playing For Change" e corri pro caixa pra pagar.

"Playing For Change" é uma delícia de ouvir. É daquele tipo de música que te leva ao nirvana pela simplicidade. E acima de tudo, por tudo que está por trás desse encantador projeto criado pelo engenheiro de som Mark Johnson, que num determinado momento andava por uma estação de metrô nova-iorquina, a caminho do trabalho, quando viu - e ouviu - dois monges vestindo túnicas brancas, um deles tocando violão com cordas de nylon, e o outro cantando. Quem já viajou pros EUA, por exemplo, sabe o quanto é comum encontrar ótimo artistas de rua tocando em lugares como estação de metrô ou simplesmente numa calçada movimentada. Mark então percebeu que envolta uma pequena multidão de pessoa atentas estavam alí paradas extasiadas com a música, algumas chorando, outras rindo. Dez anos depois, Johnson lançou o CD/DVD "Playing for Change: Songs around the world" - um projeto, que une músicos de rua de diversos lugares do mundo, resultado da idéia que nasceu naquela estação, com os monges.


"Vi ali a incrível habilidade que a música tem de aproximar as pessoas - conta o produtor. - Poucos entendiam as letras ou mesmo a língua, mas todos sentiam o poder da música. Então percebi que uma boa parte da melhor música que eu ouvia se encontrava na rua, no caminho do estúdio onde eu trabalhava. Decidi montar um estúdio de gravação móvel e procurar pelos momentos de música e inspiração onde eles estivessem." E assim Johnson e sua equipe viajaram por vários países descobrindo talentos de rua para juntos formar essa colcha de retalhos musical que se tornou o projeto "Playing For Change". 

É emocionante ver pessoas tão diferentes, de pessoas tão diferentes unidos simplesmente pela música. São artistas de rua - negros e brancos, árabes e muçulmanos, violoncelistas europeus e percussionistas indígenas - em seus locais de origem interpretando hinos pop que falam de paz, tolerância, amor e apelos por um mundo melhor. Todas essas gravações renderam um documentário em 2003, "Playing for Change", que mostrava músicos de três cidades americanas em ação. Mas, Johnson foi percebendo que o projeto poderia ser maior: "Poucos entendiam as letras ou mesmo a língua, mas todos sentiam o poder da música. Então percebi que uma boa parte da melhor música que eu ouvia se encontrava na rua."


"Eu estava em Santa Monica, Califórnia, quando ouvi Roger Ridley cantando "Stand by me" a um quarteirão de distância. Corri para assistir ao fim de sua apresentação e nunca mais fui o mesmo. Sua voz, alma e paixão nos levaram a buscar pelo mundo outros músicos para adicionar à sua gravação de "Stand by me" - lembra. - Essa canção transformou o projeto Playing for Change de um grupo pequeno de indivíduos num movimento global de paz e compreensão. A faixa traz 35 músicos de todo o mundo. Eles podem não ter se encontrado nunca, mas conversaram pela música.


"Stand by me" abre o CD/DVD, e Ridley e seu violão são os primeiros a serem ouvidos. Mas a gravação ainda inclui, entre outros, a voz e a gaita do americano Grandpa Elliott, as congas do espanhol Django "Bambolino" Degen, o violoncelo do russo Dimitri Dolgonov, o coral sul-africano Sinamuva e o cavaquinho do brasileiro - o único brasileiro do projeto em meio aos mais de cem músicos participantes - Cesar Pope, que gravou nos Arcos da Lapa. "Encontramos Cesar Pope em Barcelona. Sua energia era tão positiva que nos tornamos amigos instantaneamente - conta. - Amamos música brasileira, e esse foi o primeiro passo para aprendermos mais sobre ela." 

O repertório que se ouve e vê - os clipes do DVD potencializam a força dos encontros, ao mostrar as diferentes roupas, feições e cenários dos artistas - em "Playing for change: Songs around the world" inclui canções como "One love", "War" e "No more trouble" (as três de Bob Marley), "Talkin' bout a revolution" (Tracy Chapman), "A change is gonna come" (Sam Cooke) e "Stand by me" (também de Cooke, sucesso com John Lennon). As letras que falam de revolução, mudança e pacifismo, aliadas ao discurso de Johnson, remetem a antigas utopias dos anos 1960/70 - hippies, flower power, "faça amor, não faça guerra" e similares. Tecnologia à parte - afinal, o projeto só é possível graças a ela -, a impressão que se tem é que, no conceito, "Playing for Change" pertence a uma época passada e não aos dias atuais, aparentemente mais cínicos e pragmáticos.


A Fundação Playing For Change tem como objetivo conectar o mundo através da música, providenciando um local, instrumentos, programas educacionais, entre outros, para músicos em diferentes partes do mundo, além de apoiar projetos inspirados nas comunidades apresentadas no documentário Playing For Change. A Fundação está construindo uma escola em Gugulethu na África do Sul, um gueto onde os jovens terão acesso a música, informação e tecnologia podendo assim transformar suas vidas através da música. Em Dharamsala na Índia e em Kathmandu no Nepal, a Fundação está reconstruindo os centros para refugiados Tibetanos. Em conjunto com o poeta sul africano Lesego Rampolokeng e Bobby Rodwell, a Fundação trabalha na construção do Mehlo Arts Center em Johannesburgo na África do Sul. O centro de artes será uma escola para futuros escritores da área de Johannesburgo e Soweto. A comunidade do The Playing For Change é formada por artistas e pessoas que resolveram unir-se através da música e assim tem a oportunidade de colaborar com pessoas da sua vizinhança e de outros pontos no mundo.


Abaixo, vídeo que conta com a participação dos músicos: Roger Ridley, Grandpa Elliott, Wahsboard Chaz, Twin Eagle Drum Group, Roberto Luti, (EUA), Clarence Bekker (Holanda), Francois Viguié (França), Cesar Pope (Brasil), Dimitri Dolganov (Russia), Geraldo & Dionisio (Venezuela), Junior Kissangwa Mbouta (Congo), Pokei Klaas, Sinamuya, Vusi Mahlasela (África do Sul), Django Degen (Espanha) e Steffano Tomaselli (Itália), cantando a música “Stand by Me” de Ben E. King.



O projeto "Playing For Change", foi lançado em abril de 2009. Mas como música e solidariedade nunca são demais e são atemporais, vamos fazer nossa parte em incentivar esse maravilhoso projeto. Qualquer informação em como contribuir é só acessar o site oficial do projeto e fundação: http://playingforchange.com/ e http://playingforchange.org/


-------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Fala-se muito de filminho de mulherzinha baseado em livros de mulherzinha, livros de mulherzinha... etc. E o que poderia ser um livro de "homemzinho"?! Livro que fale de futebol, mulher e cerveja?! não! Queremos mais que isso. Afinal somos sensíveis e desejamos aprender muito com livros de "auto-ajuda" e "sérios". Pra esta missão eu selecionei uma amiga que é devoradora de livros e apreciadora da alma masculina (ou devoradora de homens e admiradora de livros?!?! hehehe Brincadeirinha gente!). Enfim, chamei minha amiga Júlia Fraga pra indicação divertida e curiosa sobre quais seriam os "10 Livros para Machos" do momento. Aquele tipo de literatura de cabeceira de cama. Daí Júlia, e sua sensibilidade admirável, nos apresentou esses 10 ótimos exemplares que merecem sair das prateleiras direto pras cabeceiras masculinas. No mínimo vai garantir boas risadas e momentos de puro humor.

Não Existe Mulher Dificil
O publicitário paulista André Aguiar Marques, 34 anos, depois de anos de conquistas, práticas e observações sobre o comportamento feminino e a arte de seduzir conclui que não existe mulher difícil. Ele ensina com humor e ótimas sacadas que  aquela loira ou morena cheias de charme e atrai todas as atenções não é tão difícil assim. "Não Existe Mulher Difícil" é sua primeira publicação lançada pela Editora Jardim dos Livros.

Preço médio: R$ 29

 
Beber, Jogar,F@#er
Em "Beber, Jogar, F@#er", Bob Sullivan traído e abandonado por sua mulher, parte em uma jornada em busca da felicidade e da liberdade. Desiludido, Sullivan narra suas farras homéricas e algumas confusães como - encher a cara na Irlanda, apostar até as calças em Las Vegas, e dar asas a seus desejos proibidos na Tailândia. A única regra é não ter regras.

Preço médio: R$ 39



Sorte No Amor
Em Sorte no amor, a terapeuta especialista em relacionamentos Susan Rabin mostra que qualquer pessoa pode aprender a conquistar. Por meio de um divertido quiz, o leitor descobre qual é o seu estilo de conquista e traça estratégias que fortalecerão suas habilidades na hora da paquera. A partir disso, a autora ensina a aprimorar os pontos fortes, trabalhar os pontos fracos, freqüentar os lugares realmente ideais para conhecer novas pessoas e a decidir o momento certo de agir.

Preço médio: R$ 19

Como Se Dar Bem Com As Mulheres
Se antes alguns homens, eram especialistas nos caminhos do coração e dos desejos das mulheres eram seres invejados, hoje suas façanhas podem ser igualadas com os segredos revelados em 'Como se dar bem com as mulheres'. Neste livro, os autores dão dicas para a paquera bem-sucedida. Ensinam maneiras irrecusáveis de se convidar uma mulher para sair, mostram experiências sensuais que sempre as deixam excitadas e como melhorar dramaticamente a vida sexual dos homens de todas as idades. Sem falar em toques para quebrar o gelo e conselhos para manter um relacionamento duradouro e feliz.

Preço médio: R$ 48

Como Se Dar Bem Na Vida, Mesmo Sendo Um Bosta
Divertido e politicamente incorretos como de costume, a turma do Casseta & Planeta apresenta neste livro uma divertidíssima sátira aos livros de auto-ajuda com a irreverência, o escracho, o tom demolidor e desconcertante que tornaram o grupo a referência do humor brasileiro. Se nada na sua vida dá certo, você é um incompetente no trabalho, um perna de pau no futebol e um mané com as mulheres... Não se desespere, nem tudo está perdido! Com este maravilhoso manual para se dar bem na vida, os Doutores cassetas vão ensinar como reverter este quadro com dicas sensacionais ao alcance de qualquer um.

Preço médio R$ 30


Por Que Os Homens Tem Tetas?
Neste livro, os autores - um médico de pronto-socorro e um roteirista de sucesso - respondem a mais de cem perguntas que você só teria coragem de fazer ao seu médico depois do terceiro martíni. As dúvidas vão de esquisitices do corpo (o que é uma remela, por que o bocejo é contagioso, por que batemos os dentes quando estamos com frio) a sexo (esperma é nutritivo, existe mesmo um ponto G, se o pênis pode quebrar); de piadas de banheiro (peido é inflamável, por que sentimos vontade de fazer xixi quando ouvimos o barulho de água correndo) a drogas e álcool (bebidas alcoólicas matam neurônios, por que os bêbados roncam tão alto). Acredite - há resposta para quase todas essas questões aparentemente sem nexo. Para as que são invencionice, crendice popular ou coisa da cabeça dos produtores de séries como Plantão Médico e ER, os autores fazem piada ou dão explicações politicamente incorretas.
Preço médio: R$ 35

Quem Mexeu No Meu Salame
'Quem Mexeu no Meu Salame' é mais um livro que faz sátira a diversos livros de auto-ajuda. Nele o leitor irá se divertir com as parábolas, com as leituras clássicas recomendadas, e irá conhecer a 'rede terrorista de mocréias Al-Qaída' e a 'Igreja Universal do Sacro Cheio', além de fazer os testes para medir a masculinidade e até a sanidade. Humor na medida.

Preço médio: R$ 20


Eu Mexi No Seu Queijo
Seguindo a linha, "Eu Mexi No Seu Queijo", o premiado colunista Darrel Bristow-Bovey também resolveu fazer uma sátira com os livros de auto-ajuda do mercado. O autor define 'Eu Mexi no seu Queijo' como 'o livro de auto-ajuda para quem não quer tomar nenhuma providência'. O autor ensina o leitor a colher as recompensas de ser uma pessoa melhor, sem ter que se dar ao desnecessário trabalho de realmente se tornar uma pessoa melhor. Suas páginas foram tratadas com uma nova fórmula revolucionária que conduz à sabedoria através do processo OsmatixTM, que passa diretamente da página para a atmosfera, onde pode ser inalado por qualquer um que se encontre em decúbito dorsal.
Preço médio: R$ 25

Como Enlouquecer Sua Sogra...
Este é um livro de humor, todo ilustrado, que aborda questões de convivência entre casais e as respectivas sogras. Um divertido manual de sobrevivência à sogra e dicas de como se ver livre da dita cuja antes que seja tarde! Ácido na medida certa, o autor sabe transformar situações constrangedoras em nitroglicerina pura. Verdadeiro manual para agitar o convívio em família. Um guia que privilegia genros e noras. Como enlouquecer sua sogra chegou para acabar com o martírio daqueles que sofrem com ela. Muitos sabem o que Amaral quer dizer; a diferença é que o autor trata do assunto com bastante humor e doses de ironia e sarcasmo, porém sem ofensas. Como enlouquecer sua sogra apresenta um humor saudável, que não deprecia a figura da sogra. Pode até ser lido na presença dela! O que ajudará a harmonizar o clima familiar. O mais engraçado é que as próprias sogras adoraram o livro. “Realmente perturbamos um pouco, mas é só um pouquinho!”, dizem elas.

Preço médio: R$ 8

Minha Vida Na Horizontal
"Minha vida na horizontal" traz uma coletânea de histórias da vida real, em que ela conta suas experiências na cama de vários pretendentes. É um relato do que pode acontecer entre um homem e uma mulher, às vezes drogada e atrevida, durante noites de paixão. Desde seu relacionamento com um stripper de Las Vegas até seu flerte com um anão, além do encontro com um ator em um cruzeiro marítimo.

Preço médio: R$ 39



---------------------------------------------------------------------------------------------




Depois de citar os 10 Livros pra Machos, tivemos alguns pedidos para eleger os 10 Filmes pra Machos. E decidimos então fazer uma pesquisa entre amigos e dentre os indicados selecionamos alguns que são muitos bons, a nosso ver. São 10 filmes relativos a 10 categorias, que vão desde o clássico filme de homem, que são os filmes de guerra e luta, até o romance. Ou vocês acham que homem macho não curte filminho romântico? Sabe aquela típica frase "filme de mulherzinha"? Pois bem, aqui são os "filmes de hominho", com tudo que temos direito. Emoção, socos, porradas, guerras, sangue jorrando, risadas, escrachos, mas acima de tudo, muita diversão. Confira nossa seleção e divirta-se!

SE BEBER, NÃO CASE (Comédia) - ANO: 2009
Em 'Se Beber, Não Case', três amigos vão para Las Vegas curtir uma festa de despedida de solteiro, mas perdem o noivo a apenas 40 horas do início da cerimônia. Na manhã seguinte, todos estão de ressaca e ninguém se lembra do que aconteceu na noite anterior. Para encontrar o noivo desaparecido, os três amigos terão reconstituir os passos da noite anterior e descobrir em que momento as coisas começaram a desandar. Esse filme não tem errada, é riso certo. O sucesso foi tanto que é a maior bilheteria de um filme de comédia nos EUA para maiores de 18 anos. O sucesso foi tanto que já preparam um segundo filme. O elenco permanecerá o mesmo, com  Bradley Cooper, Ed Helms, Zach Galifianakis e Justin Bartha.



O RESGATE DO SOLDADO RYAN (Guerra) - ANO: 1998
Mais um sucesso pelas mão de Steven Spielberg e atuação de Tom Hanks, o filme conta o desembarque do Capitão John Miller (Tom Hanks), na praia de Omaha, na costa Francesa, em 6 de Junho de 1944 (o Dia D), onde perde a maioria dos seus homens, recebe a missão de resgatar com vida o soldado James Ryan, caçula de quatro irmãos, dentre os quais três morreram em combate. Porém, John não sabe se Ryan está vivo ou morto ou se foi capturado pelo inimigo, mas sai à procura do soldado levando consigo sete homens, entre eles o médico Wade (Ribisi) e um intérprete de francês e alemão, o Cabo Upham (Davies).

PERFUME DE MULHER (Romance) - ANO: 1992
Outro filme de grande sucesso que consagrou Al Pacino com um Oscar de Melhor Ator, além de fazer todo mundo querer dançar tango. No filme Al Pacino é Frank Slade um tenente-coronel cego, que resolve viver um final de semana inesquecível antes de se suicidar. Ele contrata Charlie Simms (Chris O'Donnell) como acompanhante para sua viagem à Nova Iorque, onde começa a se preocupar com os problemas pessoais do rapaz. O filme, contato pela ótica do rapaz, é assim, imbuído de uma mensagem enaltecedora, lembrando que sempre há algo a aprender mesmo junto àquelas pessoas mais improváveis ou inacessíveis.

OS BRUTOS TAMBÉM AMAM (Western) - ANO: 1953
No clássico filme, a lendária versão do mais perfeito mito do gênero western, do aclamado diretor George Stevens, obteve seis indicações para o Oscar e fez Os Brutos Também Amam um dos grandes clássicos do cinema americano. Shane, o personagem de Alan Ladd, apresenta-se ao espectador como alguém totalmente misterioso. Cavalgando por uma belíssima planície, ele encontra a família Starrett, colonos que sonham em possuir uma fazenda para seu auto-sustento e acabam convidando Shane para trabalhar para eles. Assim conhecemos nosso herói, que neste faroeste é cheio de problemas e foge bem do estereótipo de herói invencível e auto-confiante encontrado na média de filmes do gênero.



O PODEROSO CHEFÃO (Drama) - ANO: 1972
Dirigido por Fracis Ford Coppola, esse clássico filme de máfia se tornou um grande sucesso do cinema mundial. No filme, em 1945, Don Corleone (Marlon Brando) é o chefe de uma mafiosa família italiana de Nova York. Ele costuma apadrinhar várias pessoas, realizando importantes favores para elas, em troca de favores futuros. Com a chegada das drogas, as famílias começam uma disputa pelo promissor mercado. Quando Corleone se recusa a facilitar a entrada dos narcóticos na cidade, não oferecendo ajuda política e policial, sua família começa a sofrer atentados para que mudem de posição. É nessa complicada época que Michael (Al Pacino), um herói de guerra nunca envolvido nos negócios da família, vê a necessidade de proteger o seu pai e tudo o que ele construiu ao longo dos anos.

O ILUMINADO (Suspense) - ANO: 1980
Do mestre Stanley Kubrick, essa adaptação do livro de Stephen King, esta obra-prima do suspense/terror é também um dos mais emblemáticos filmes de terror de todos os tempos. Um aspirante a escritor (Jack Nicholson) arruma um emprego como zelador em um hotel, no qual ficará isolado durante todo o inverno, ao lado da esposa (Shelley Duvall) e o do filho (Danny Lloyd). O menino tem uma percepção incomum que deverá antever acontecimentos assustadores.


O EXTERMINADOR DO FUTURO (Ficção) - ANO: 1984
De outro grande diretor de cinema, dessa vez o premiado James Cameron, o filme é um dos maiores sucesso de ficção científica. Consagrou Arnald Schwarzenegger e rendeu mais 3 continuações e um seriado de TV. No filme o andróide (Arnold Schwarzenegger) vem do futuro com o objetivo de matar a mãe (Linda Hamilton) de um futuro líder guerrilheiro humano e assim evitar o seu nascimento. Mas um guerrilheiro do futuro (Michael Biehl) vem também com o objetivo de proteger a mãe e garantir o nascimento da criança.

O GLADIADOR (Épico) - ANO: 2000
Nesse clássico de guerra medieval dirigido por Ridley Scott, Russel Crowe é Maximus um importante general romano com a total confiança de Marcus Aurelius, que está em seus últimos dias de reinado. O Imperador atiça a fúria de seu filho Commodus ao comunicá-lo o interesse de transferir seu reinado para Maximus, por considerá-lo com mais força do que para ele, seu filho de sangue real. Commodus então inicia uma profunda revolta movida por vingança. Assassina seu pai e, ao pedir a lealdade de Maximus e a tê-la negada, expande sua área de atividade para o general e sua família. Maximus é condenado à morte, mas escapa e começa uma longa jornada para se vingar do que lhe aconteceu.


TOURO INDOMÁVEL (Ação) - ANO: 1980
O cultuado filme de Martin Scorsese, rendeu milhões em bilheteria, oito indicações ao Oscar e premiou o ator Robert De Niro como Melhor Ator. O filme, para muitos é uma obra-prima de Martin Scorsese, foi eleito o melhor filme da década pelos críticos norte-americanos e é considerado o melhor filme de boxe já realizado até hoje. No filme baseado em uma história real, conheça a história de Jake La Motta (Robert De Niro), um exímio boxeador, um monstro nos ringues que detona tudo e todos dentro dos quatro corners, descontando em todos os seus adversários todos os golpes que a vida lhe dá.

TROPA DE ELITE - I e II (Nacional) - ANO: 2007 e 2010
O primeiro filme retrata o dia-a-dia do grupo de policiais e de um capitão do BOPE no ano de 1997 que está querendo sair da corporação e tentará encontrar um substituto para seu posto, paralelo a isso tem a história de dois amigos de infância que se tornam policiais e que se destacam pela honestidade e honra de serem policiais, e se indignam com a corrupção no batalhão em que atuam.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------


3 comentários:

  1. SE NÃO TEM FILME COM SYLVESTER STALLONE É PORQUE FALTA 'MACHO' NESTA BOSTA DE 'REVISTA'!!!
    ALIÁS SE SOMAREM TODOS OS BONITINHOS E BURROS E OS FEINHOS NARCISISTAS QUE VOCÊS BOTARAM NAS 'CAPAS'NÃO DÃO MEIO HOMEM !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E você gosta de homem, não???

      Excluir
    2. Meu amigo eu acho que seu problema é que não se assume e fica agressivo com o resto da população.

      Excluir